Revolta geral em Chapadinha: Vazam supersalários de apoiadores, bajuladores e fantasmas na Prefeitura

Farra de supersalários na Prefeitura de Chapadinha revolta população

(Img: charge da página Chapadinha Agora)

Não se fala em outra coisa em Chapadinha. Enquanto o povo sofre com serviços públicos precários ou paralisados e a grande maioria dos servidores municipais come o pão que o diabo amassou com redução de direitos, suspensão de promoções e atrasos nos salários, apoiadores do prefeito, bajuladores e até servidores fantasmas - dentre os quais parentes de vereadores - recebem supersalários sem precisar fazer nada além de politicagem, às vezes nem isso.

Os valores vazaram nas redes e apps sociais por meio de imagens - prints ou fotos - que mostram nomes, cargos e vencimentos dos tais servidores, junto com alertas sobre quem não reside na cidade ou foi agraciado por ser parente de vereador governista, ou simplesmente pelo valor exorbitante, o que tem causado revolta na população que fica a se perguntar como é possível o atual gestor, Magno Bacelar, fazer o que bem entende com o dinheiro do povo, nas barbas das autoridades, e continuar impune.

Até a conclusão desta, nenhum dos beneficiados havia negado as informações vazadas, pelo contrário, alguns confirmaram e ainda tentaram justificar.

O blog trará mais detalhes nos próximos dias, uma vez que os vazamentos vem ocorrendo há algum tempo e algumas informações precisam ser cruzadas. Por hora destacamos a discrepância de uma recepcionista ganhando R$ 5.600,00 (imagem abaixo) - mais que o dobro do salário de um professor - enquanto nas escolas da zona rural servidoras que exercem dupla função - zeladora e merendeira - recebem míseros R$ 200,00 por mês.

Chapadinha: Recepcionista ganha 5,6 mil enquanto zeladoras ganham 200 reais.

Simplesmente vergonhoso, a população local não encontra outro termo para descrever. Não o fato de uma recepcionista ganhar bem - que bom seria se todos os trabalhadores recebessem bons salários -, mas o modo criminoso com que o prefeito trata o funcionalismo, tirando de muitos para dar a poucos (enquanto embolsa a maior parte) e ainda mentindo dia e noite que os atrasos e mazelas que assolam o município são fruto de uma suposta "crise nacional" que só existe em Chapadinha. E o pior, como diz o povo, tudo isso nas barbas das autoridades.

P. S. - Segundo comenta-se nas redes sociais, a população promete lotar a Câmara Municipal de Chapadinha na sessão desta quinta-feira, 28, em protesto contra mais esta palhaçada promovida por Magno Bacelar. Aguardem mais informações.

* * *
Espalhe por aí e deixe seu comentário