Cotado para prefeito, Higor Almeida descarta apoio de Paulo Neto, Isaías ou qualquer outro, caso saia candidato

Cotado para prefeito de Chapadinha, Higor Almeida descarta apoio da velha política.

Tão logo findaram-se as eleições gerais, o murmurinho sobre as municipais teve início. E palpites não faltam sobre os possíveis candidatos a prefeito de Chapadinha, em 2020.

"Cientistas políticos" da região já se debruçaram sobre o tema e fizeram suas apostas. E tem de tudo: de ex-vereador que foi preso pela Polícia Federal acusado de chefiar organização criminosa a ilustres desconhecidos que nem para vereador ganhariam, passando por figurinhas que, todos sabem, só se lançariam candidatos para se vender durante as campanhas, pela melhor (ou qualquer) oferta.

Em meio ao rebuliço, raros nomes que realmente possuem aceitação popular e levariam uma campanha até o fim. O do professor, bancário e empresário Higor Almeida é um deles. Não por acaso já surgem toda sorte de boatos sobre sua possível candidatura.

Alguns dizem, por exemplo, que o jovem sairá candidato apoiado por algum líder político da região como o ex-prefeito Isaías Fortes ou, mais recentemente, o dep. estadual Paulo Neto. Higor se apresentaria como inovação, mas, na verdade, seria uma espécie de Cavalo de Troia por meio do qual a velha política continuaria no poder, dando as cartas nos bastidores.

Por mais de uma vez, Higor Almeida descartou essa hipótese nas mídias sociais e inclusive já demonstrou irritação com a boataria. Questionado pelo blog, ele foi contundente: "Nem Paulo Neto, nem Isaías, nem qualquer outro. Se for pra eu sair candidato, saio sozinho, apenas com o apoio do povo. Caso não seja possível, prefiro continuar investindo na minha rede de escolas [Universidade Infantil] e tocando minha vida tranquilo, bem longe das velhas práticas da velha política."

 Gostou? Espalhe por aí!