Secretária Municipal de Chapadinha confirma que pressionou contratados a votarem em candidato do prefeito

Secretária municipal de Chapadinha, Wanda Silva, confirma conversa com contratados

A Secretária Municipal de Finanças, Planejamento e Orçamento de Chapadinha, Wanderlene Silva do Nascimento, mais conhecida como Wanda, divulgou nota nesta sexta-feira (31) refutando um áudio divulgado pelo blogueiro Luís Pablo no qual teria sido flagrada pressionando servidores contratados a votarem no deputado federal Victor Mendes, apoiado pelo prefeito de Chapadinha, Magno Bacelar.

Na nota, publicada em blogs financiados pela prefeitura, a secretária afirma que a gravação foi retirada do contexto e se trata de "montagem grotesca" cujo objetivo é fazer politicagem, jogo sujo e sensacionalismo.

Segundo Wanda, o cúmulo da manipulação teria se dado aos 16 segundos da "interceptação", com a supressão de palavras, caracterizando "montagem notória". O trecho em questão se trata do momento em que, aparentemente, ela afirma que o deputado Victor Mendes não vale nada.

Todavia, deixando esse trecho de lado, coisa pior foi dita por Wanda antes dos 16 segundos - que ela estava transmitindo aos contratados um "recado" do prefeito -, e tal fato ela não contestou, mas apenas justificou que a conversa teria se dado em ambiente privado e que estaria exercendo um direito, pois não falava como secretária municipal, mas como "cidadã e eleitora".

Resta agora ao Ministério Público Eleitoral e ao Judiciário avaliarem se é lícito uma secretária municipal, ainda que fora do expediente, fazer reuniões com servidores contratados, em nome do prefeito, para pedir votos, fazendo questão de lembrá-los que todos poderiam sair perdendo, caso não ajudassem o candidato do grupo.

Abaixo, o áudio e a nota da secretária:


"A respeito de matéria de blog sobre áudio de fala minha, tenho a esclarecer:

1 - O trecho publicado foi totalmente retirado do contexto, chegando ao cúmulo de suprimir palavras por meio de montagem notória aos 16 segundos da interceptação;

2 - A conversa se deu em ambiente privado e não falava na condição de secretária municipal, mas de cidadã e eleitora, exercendo atividade política de forma democrática como tenho direito de assim fazer;

3 - Pedi votos e apoio para o deputado Victor Mendes com o argumento público de ele ter ajudado nossa cidade como deputado federal, razão pela qual defendo sua reeleição;

4 - Sem a divulgação do conteúdo completo e diante da constatação da montagem grosseira, evidencia-se a inescrupulosa manipulação com o objetivo único da prática de fraude e desvirtuamento da verdade;

5 - Da montagem grotesca à tentativa de escandalizar ato político regular e corriqueiro, à divulgação deste áudio restam claras uma sequência de fatos e ações, cujo objetivo não passa de politicagem, jogo sujo e sensacionalismo;

6 - Em respeito aos chapadinhenses e à opinião pública, esclareço que já registrei o competente boletim de ocorrência nas esfera policial e que estão em andamento as providências para reparação do ocorrido em todas as instâncias judiciais competentes."

Chapadinha-MA, 31 de agosto de 2018

Wanda Silva - Cidadã Chapadinhense