15/03/2018

Vitória dos servidores: Após manifestações, prefeito de Chapadinha resolve pagar reajustes

Servidores de Chapadinha (MA) protestam por reajustes salariais

Os servidores públicos municipais de Chapadinha estão de parabéns. Na semana passada, diante da omissão do prefeito Magno Bacelar em pagar seus salários com os devidos reajustes, eles paralisaram suas atividades e saíram às ruas em protesto, ocasião em que foram recebidos pelo gestor (reveja).

Como de costume, Bacelar desrespeitou a inteligência dos manifestantes alegando não ter pago os salários integralmente em razão do Município não dispor de recursos, mas disse que iria conversar com sua equipe e apresentar uma solução até quarta-feira (14).

Cientes de que o Município havia recebido mais de R$ 11 milhões de Fundeb somente em fevereiro, quase o triplo do valor necessário para pagar a folha da Educação, os servidores fingiram engolir a história do prefeito e decidiram aguardar o prazo, cessando os protestos como prova de boa-fé.

Nesta quarta-feira, conforme acordado, uma comissão representando os servidores esteve reunida com a secretária municipal de educação, Vânia Cristina, tendo a mesma declarado - em nome do prefeito - que os reajustes do salário mínimo e do piso dos professores (6,81%) serão concedidos a partir do próximo dia 20, data em que os professores também receberão o equivalente a 1/3 de férias. O saldo restante das férias e os retroativos referentes a valores não recebidos em janeiro e fevereiro serão pagos em abril, garantiu a secretária.

Após protestos, prefeito de Chapadinha resolve pagar reajustes salariais

Também participaram das negociações a diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SINDCHAP) e os vereadores Luís Barbeiro e Alberto Carlos, sendo que o último já vinha apoiando as reivindicações desde o início.

logoblog
Comentários
0 Comentários
0 comentários:
Postar um comentário

OBS: Comentários com termos chulos ou ofensas à honra alheia serão deletados.