Associação Cangaia (Chapadinha) suspende eventos após estupro de menor

Nesta terça-feira, 08, a diretoria da Associação Cangaia divulgou nota a respeito da notícia veiculada pelo blog Chapadinha Online, sobre um estupro ocorrido em sua sede, durante evento realizado no sábado, cuja vítima foi uma adolescente de 17 anos (leia aqui).

Em resumo, a diretoria esclareceu que a festa foi organizada por terceiros, que conversou com o organizador sobre o ocorrido e, segundo ele, todas as providências para garantir a segurança do público teriam sido tomadas. Ainda assim, em razão da gravidade dos fatos, a Associação Cangaia decidiu suspender por tempo indeterminado a locação de seu espaço para festas organizadas por terceiros (ver íntegra da nota, ao final).

O blog conversou com algumas pessoas que participaram do evento de sábado, sobre a versão apresentada pela organização. Elas foram unânimes em dizer que os únicos "seguranças" que lembram de ter visto são os que ficam na portaria, controlando a entrada e saída do público. Logo, a associação acertou ao suspender tais eventos.

Também conversamos com familiares e amigos da vítima, sobre que decisão haviam tomado quanto à denúncia formal às autoridades. Em resposta, disseram que ela preferiu não levar o caso adiante, pois, embora seja capaz de reconhecer o criminoso, caso o veja novamente, não sabe onde ele reside e, principalmente, ela não quer se expor ainda mais, nem submeter pessoas próximas a constrangimentos.

Direito dela. Infelizmente.


Nota da Associação Cangaia (Chapadinha), sobre o ocorrido.
Clique para ampliar
logoblog
Comentários
0 Comentários