Danúbia Carneiro continua dando cartas na SEMED e em outras secretarias

"O mal dos espertos é pensar que todo mundo é besta." - Esta máxima resume bem o modo como a atual administração de Chapadinha vem tratando os servidores da Educação e a população em geral.

Confiantes de que podem continuar enganando a todos, assim como fizeram durante as Eleições 2016 (segundo constatou o Ministério Público Eleitoral, releia aqui), Magno Bacelar e sua trupe subestimam a inteligência do povo quase que diariamente.

A última foi a entrega do comando da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) por parte da companheira do prefeito, Danúbia Carneiro, no último dia 05. Aos prantos, durante entrevista concedida a uma rádio local, a primeira-dama renunciou ao cargo para, segundo pareceu, não atrapalhar a gestão de Bacelar, vez que algumas pessoas não estariam aprovando seu trabalho.

Quanto à última parte, Danúbia foi até modesta: na verdade, a atuação dela à frente da SEMED não estava agradando a absolutamente ninguém. Isto porque o caos instalado na Educação salta aos olhos, até mesmo de quem não quer enxergar.

Servidores trabalharam mediante promessa de contrato e, três meses depois, foram mandados embora sem direito a nada; contratados estão sem receber seus salários; alunos da zona rural deixam de ir para a escola por falta de transporte; aulas sendo encerradas mais cedo por falta de merenda (zonas rural e urbana); pais de alunos se organizando para protestar e realizar denúncias coletivas; artimanhas ilegais para burlar o último concurso público e não convocar os professores excedentes (aguardem matéria-bomba sobre isso em breve); escolas na zona rural cujas aulas ainda nem começaram, em pleno mês de maio; e por aí vai... Tudo isso vem causando revolta na população, que já não sabe mais a quem recorrer, uma vez que, a cada denúncia feita, os descasos só aumentam.

E os mais indignados, vale frisar, são justamente os eleitores de Bacelar, haja vista que quem votou "contra" já previa esse caos nos serviços públicos, caso ele vencesse. A maioria dos que foram enganados pelo ficha-suja, porém, realmente acreditava que ele faria um bom governo. A decepção é mais que compreensível.

O fato é que Danúbia viu sua rejeição, que já não era pequena, ultrapassar a exosfera e então decidiu, juntamente com seu companheiro, sair de cena para acalmar os ânimos. Não foi à toa que houve comemoração por parte de gregos e troianos, porém a alegria durou pouco: no dia 07, Bacelar anunciou, como nova secretaria de educação, a professora Wandrian Sousa Lima, aliada de confiança de Danúbia Carneiro que, certamente, deve tê-la indicado para o cargo.

O governo jamais admitirá, porém, dada a proximidade entre Danúbia e a nova secretária, qualquer pessoa inteligente já deduziu que a primeira-dama continuará dando as cartas na SEMED junto com a amiga. Prova disso foi um blogueiro financiado por Bacelar ter publicado neste sábado, 13, uma mensagem do Dia das Mães se referindo a Danúbia como "secretária de educação" (imagem abaixo), não obstante ela ter renunciado expressamente ao cargo e sua substituta já ter sido anunciada.

Danúbia Carneiro continua na Secretaria de Educação de Chapadinha

"A mudança ainda não foi oficializada", dirão alguns bajuladores, prendendo-se a detalhes burocráticos para não enxergar (ou admitir) a verdade nas entrelinhas desse ato falho.

A maioria, porém, não fica se fingindo de cega. Alguns internautas, incluindo eleitores de Bacelar, vêm postando nas redes sociais que, agora, após a nomeação da nova secretária, Danúbia terá ainda mais tempo para "dar pitaco" em outras secretarias e, assim, terminar de acabar com o resto de Chapadinha. #Oremos


Atualizado em 15/05, às 22:37h
logoblog
Comentários
0 Comentários