Pressionado, prefeito de Chapadinha paga novos concursados

Conforme já publicamos, o gestor eleito de Chapadinha, Magno Bacelar, pretendia "passar a tesoura" nos servidores concursados nomeados após as eleições e só não obteve êxito porque eles se mobilizaram, apoiados por vereadores de oposição, mostrando que não são "abestados" como ele pensa (leia aqui).

Em razão disso, o ficha-suja se viu obrigado a "engolir" os novos servidores e, como não havia pago seus salários, mentiu que pagaria dentro do prazo legal, ou seja, até o quinto dia útil de fevereiro (dia 07). Acontece que o dia chegou e nada de dinheiro nas contas, o que levou alguns servidores a procurarem a administração e ouvirem aquilo que não queriam: outra promessa, desta vez para o dia 20 de fevereiro. Indignados, alguns disseram na hora que buscariam seus direitos na Justiça, vez que o prazo para pagamento já havia expirado, e começaram a se organizar nesse sentido. Só assim, na base da pura pressão, conseguiram receber seus vencimentos nesta quarta-feira (08).

Todavia, a perseguição de Bacelar contra tais servidores continua, vez que eles ainda se encontram "sem lotação definida", o que lhes traz insegurança jurídica e funcional. Vereadores e agentes públicos que atuam na área já estão cientes da irregularidade e recomendam a quem estiver nesta situação que procure reunir provas de que tentou resolver o problema junto à administração. Quem foi posto para trabalhar em local diverso do que consta na portaria que recebeu ano passado, sem ter recebido uma nova, deve procurar registrar periodicamente, de alguma forma (imagem, vídeo, etc), que se encontra no exercício da função, pelo menos até sua situação ser regularizada.

Por fim, o blog informa que alguns servidores continuam denunciando não ter recebido seus salários referentes a janeiro. Vamos analisar tais informações e voltamos em breve.

logoblog
Comentários
1 Comentários

1 comentários:

Anônimo disse...

Em brejo está acontecendo a mesma coisa..e o pior é que todos estão sem receber seus salários e sem ao menos algum posicionamento do prefeito por conta de sua perseguição política por causa dos feitos do antigo prefeito da cidade!