23/02/2017

Sem ter como esconder a própria incompetência, governo Bacelar passa a atacar população

Governo de Chapadinha ataca pessoas que denunciaram falta de ambulância

Em Chapadinha, não obstante o descaso que dominou todos os serviços públicos desde que Magno Bacelar assumiu a prefeitura, com denúncias sendo divulgadas diariamente na internet, tanto por políticos opositores quanto pela própria população, o governo continua agindo como se tudo fosse culpa ou intriga da gestão passada.

Todavia, algo inédito ocorreu após a repercussão de um vídeo (veja aqui) onde uma senhora acidentada foi socorrida numa caminhonete, por falta de ambulância: em vez de tentar jogar a culpa na gestão anterior, o governo surtou e resolveu partir para cima das pessoas que socorreram a vítima.

Segundo "notícias" e notas publicadas no Facebook e no WhatsApp por agentes do governo, os cidadãos que prestaram socorro à senhora, que afirmam ter ligado para o hospital em busca de ambulância, que se viram obrigadas a usar um colchão como maca para levá-la num veículo particular, debaixo de chuva, tais pessoas, segundo o governo, seriam mentirosas, pois havia ambulância disponível no momento, e também irresponsáveis, pois teriam conduzido a vítima daquela maneira sem necessidade.

E tudo para quê? Segundo os governistas, por pura "politicagem". Na mente doentia deles, em vez de ligar para a ambulância, as pessoas que socorreram a senhora resolveram jogá-la em cima de uma caminhonete, debaixo de chuva, só para poderem falar mal do governo depois.

A psicologia chama isso de "projeção": pessoas ruins costumam projetar nos outros as próprias deficiências morais, imaginando que todos são tão ruins quanto elas. Dizem que se trata de um mecanismo de defesa da mente, por meio do qual vagabundos se sentiriam menos vagabundos diante do espelho.

No caso em tela, em que o governo se defende atacando a população por já não ter como justificar a própria incompetência, significa - também - que o caos já está instalado.

#FaltaDeAvisoNãoFoi

Comentários
0 Comentários