Mata Roma (MA): Prefeita transforma Festa do Caju em comício

Normal políticos se aproveitarem de festividades para fazer um pouco de politicagem. Está "no sangue" deles. Mas o que a prefeita de Mata Roma, Carmem Neto, fez no último sábado (15), durante a tradicional Festa do Caju foi ridículo.

Após o show do cantor Romim Mata, antes da banda Forró dos Plays começar o seu, prefeita e comitiva tomaram de conta do palco e começou o lenga-lenga. Entre uma formalidade e outra aproveitou para enaltecer seu grupo político e agradecer os votos dados ao candidato "Bode", prefeito eleito no dia 02, que estava ao seu lado. Até aí tudo bem, como já foi dito essa prática é comum entre os políticos, tanto que, no início, o público encarou com naturalidade. Falei "no início" porque Carmem e seus convidados passaram a se demorar demais no palco e isso foi irritando os presentes. E como se demoraram... Ao todo, a comitiva ocupou cerca de uma hora da paciência do povo.

Imagine você ir a uma festa e, chegando lá, entre uma banda e outra, a prefeita resolver fazer um comício!! Pois foi o que aconteceu. Muita gente cansou de esperar e foi embora. A maioria, no entanto - incluindo o povo das cidades vizinhas - se viu obrigada a "exercitar a paciência" e esperar a boa vontade de Carmem Neto para deixar o palco e a festa poder continuar. Foi um desrespeito. Uma hora de desrespeito.

Nosso blog parabeniza o povo de Mata Roma e região pela paciência. Se fosse em outro lugar, Carmem teria, no mínimo, levado uma bela vaia. Se bem que, numa região em que repórteres do Fantástico são ameaçados e têm seus equipamentos tomados por homens armados, é até normal que a população fique meio temerosa de fazer valer seus direitos - inclusive esse de se divertir sem ser importunada com politicagens sem fim.

logoblog
Comentários
0 Comentários