11 de mar de 2014

Nota Zero: Bacelar acumula mais 2 processos por irregularidades quando prefeito de Chapadinha


No dia 12 de fevereiro, o Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA) recebeu uma denúncia do Ministério Público (MP-MA) contra Magno Bacelar, por crime de falsidade ideológica quando prefeito de Chapadinha (leia aqui). Nesta segunda-feira (10), o site oficial do MP tornou público mais um processo contra o ex-prefeito, onde o órgão requer que ele pague quase R$ 670 Mil devido a irregularidades cometidas na prefeitura.

Abaixo, um trecho da notícia (clique aqui para ler na íntegra):

"O titular da 1ª Promotora de Justiça da Comarca de Chapadinha, Douglas Assunção Nojosa, ajuizou Ação Civil Pública de Execução Forçada contra o ex-prefeito de Chapadinha (a 246 km de São Luís), Magno Bacelar, requerendo o pagamento de R$ 669,3 mil, resultantes da condenação do ex-gestor pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) devido à aplicação irregular de recursos no exercício financeiro de 2006."

O montante cobrado pelo MP-MA (R$ 669,3 mil) se refere ao valor a ser ressarcido aos cofres de Chapadinha (R$ 568,9 mil) mais a multa aplicada pela Fazenda Estadual.

Só lembrando que o (hoje) deputado já responde a vários outros processos por irregularidades cometidas quando prefeito de nossa cidade, inclusive na Justiça Federal (leia aqui), num dos quais teve parte de seus bens bloqueados (veja aqui). Sem falar dos criminais, como o citado no início do texto, por falsidade ideológica, e outros (aqui).

Esse é o homem cuja ficha-suja muitos defenderam na última campanha para prefeito, incluindo alguns blogueiros e vereadores locais tão sujos quanto. Esse é o "cara" que continua tentando enganar o povo de Chapadinha, se declarando pré-candidato a deputado estadual, ciente de que encontra-se inelegível após tantas condenações.

Mas se engana quem pensa - ou pretende fazer com que os outros pensem - que Bacelar é o único pré-candidato desse naipe que temos por aqui. Já estamos reunindo provas e em breve mostraremos outros candidatos "nota zero" da região. Aguardem!

Comentários
0 Comentários

0 comentários: