Vargem Grande-MA: Delegado Vs Manifestantes

Um fato inusitado ocorreu na tarde desta segunda-feira (25), em Vargem Grande.

No último dia quinze foi realizado um ato público em razão de duas mortes "seguidas" ocorridas na cidade (leia aqui), uma delas a do jovem Lindemberg (22 anos), conhecido por Berg, morto no sábado de carnaval com uma facada no peito, desferida por uma menor (leia mais aqui). Na ocasião, os manifestantes pediam, além de paz e justiça, a saída do atual delegado da cidade.

Ontem à tarde, familiares e amigos de Berg realizavam uma manifestação silenciosa em frente à promotoria pedindo, dentre outras coisas, a prisão de algumas pessoas que também estariam envolvidas na morte do jovem. Jessyca, absolvida recentemente de uma acusação de homicídio e irmã da menor acusada, seria uma delas.

Manifestação: Familiares e amigos de Berg
Clique para ampliar

Manifestação: Familiares e amigos de Berg
Clique para ampliar

Eis que o delegado chegou ao local, acompanhado do escrivão e de dois guardas municipais, retirando faixas e iniciando um bate-boca com os manifestantes que cessou com a intervenção do promotor da Comarca de Urbano Santos, Cristian Bolchinhas, respondendo atualmente por Vargem Grande em razão das férias do titular.

Parte do episódio foi filmada pelos presentes. As cenas mostram o delegado (calça camuflada) revoltado por estar sendo acusado de corrupto numa das faixas trazidas pelos manifestantes, bem como a mãe do jovem morto alegando a liberdade de expressão do povo. Por fim, ouve-se o promotor apaziguando os ânimos, comunicando a todos que qualquer notícia ou "denúncia" contra o delegado deve ser comunicada a ele, ressaltando o respeito à autoridade e o direito de manifestação pacífica.

Abaixo, os principais momentos do episódio (recomendável aumentar o som):



logoblog
Comentários
1 Comentários