Por volta das 21h00 desta quinta-feira (17), Valdenir Martins dos Santos, 25 anos, estava jogando sinuca no bar do "Sanfoneiro", na Rua do Mousinho II, quando foi alvejado por um tiro de espingarda bate-bucha desferido por um indivíduo conhecido por "Nelson". O tiro atingiu Valdenir abaixo da axila esquerda, próximo ao coração, e ele morreu na hora.

Testemunhas afirmam que Nelson estava acompanhado por outros dois indivíduos, conhecidos por "Azeitona" e "Romildo" (ou "Ronildo"), que inclusive teriam perseguido um irmão da vítima que se encontrava no local e fugiu do cerco.

Depois da barbárie, a população local teria ficado pasma, também, pela recusa do hospital em fornecer a ambulância para conduzir o corpo. Após três horas de espera, familiares e amigos tiveram que levar o corpo de Valdenir até sua residência em uma rede. Segundo o jornalista Zé de Fátima, a direção do hospital proibiu a condução de vítimas fatais nas ambulâncias.

Com informações de Zé de Fátima
logoblog
Comentários
0 Comentários

0 comentários: