Implantado pela primeira vez no Brasil há 80 anos, o debate entre os benefícios e o desconforto causados pelo horário de verão ainda não foi encerrado. Há quem reclame da alteração no relógio biológico e de acordar quando ainda está escuro; há quem ame o happy hour com pôr do sol e fazer atividades físicas na rua depois do trabalho.

A medida, justificam as autoridades, diminui o risco de problemas no fornecimento de energia elétrica no período em que a demanda cresce, devido ao calor intenso e à produção industrial para o Natal. Com luminosidade natural por mais tempo, a concentração do consumo diminui das 18h às 22h, evitando a sobrecarga no sistema.

Iniciado neste domingo, 21, o horário de verão vai até 17 de fevereiro de 2013.

Estados com horário de verão:


Números

Na última década, a medida possibilitou a redução média de 4,6% na demanda por energia, no horário de pico (das 18h às 21h). Durante o horário de verão de 2011/2012, o país economizou R$ 160 milhões, segundo informações do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Para esta edição, está prevista uma economia de R$ 280 milhões e a redução média de cerca de 5% na demanda por energia no horário de pico.

História
Benjamim Franklin: Precursor

A ideia do horário de verão é de Benjamin Franklin que, em 1784, nos Estados Unidos, percebeu que o sol nascia antes que a maioria das pessoas se levantassem, durante alguns meses, e concluiu que a luz do dia seria melhor aproveitada se os relógios fossem adiantados em uma hora.

O construtor William Willett, da Sociedade Astronômica Real Britânica, iniciou, em 1907, uma campanha para colocá-lo em prática. Mas só em 1916 ele foi adotado pela primeira vez, na Alemanha, como medida para economizar energia durante a Primeira Guerra Mundial

No Brasil, foi instituído pela primeira vez em 1931/32. Depois de 1933, o horário especial foi retomado em períodos não consecutivos e a partir de 1985 não foi mais interrompido.

O decreto nº 6.558/2008 estabeleceu que o horário de verão começa no terceiro domingo de outubro e encerra no terceiro domingo de fevereiro (se coincidir com o domingo de Carnaval, o encerramento é transferido para a semana seguinte).

Após 8 edições, a Bahia voltou a ter horário de verão em 2011. Mas, em uma consulta popular, 75% dos baianos reprovaram a medida e o estado saiu do horário, dando lugar ao Tocantins.

Curiosidades

De outubro a fevereiro os dias são mais longos devido à posição da Terra em relação ao sol. Isso não ocorre de maneira uniforme em todo o país, vez que a intensificação da luz natural é registrada mais próxima dos trópicos, e não perto da linha do Equador. Por isso, os estados do Norte e Nordeste geralmente não entram no horário especial.

Para evitar problemas no serviço de compensação, as agências dos estados que não entram no horário de verão alteram o atendimento ao público. As emissoras de TV também costumam alterar sua programação no período.

Pelo menos três projetos de lei para proibir o horário de verão no país tramitam na Câmara dos Deputados. Os autores argumentam que a redução pouco significativa no consumo de energia não justifica os aspectos negativos, que seriam a alteração no relógio biológico e a escuridão no início da manhã, quando muitos saem de suas casas para trabalhar.

Usado pela primeira vez na Alemanha, o horário especial se espalhou pelo mundo. Nos Estados Unidos é conhecido como Daylight Saving Time e, geralmente, vai do primeiro domingo de abril ao último domingo de outubro. Na União Europeia, é aplicado de março a outubro. Abaixo, em laranja, as regiões onde o horário de verão é usado:



Na 'véa' ou na nova?

Uma consequência inusitada do horário de verão, desde sua instituição permanente no país, foi uma brincadeira criada em razão dele - pelo menos nos estados do Norte/Nordeste que, antes, eram incluídos na mudança. Aborrecidas, confusas ou só por zombaria, as pessoas que ouviam a menção de algum horário sempre perguntavam - "Na 'véa' ou na nova?" - e a troça acabava amenizando o incômodo da alteração na rotina. Quem estudava ou trabalhava de manhã deve lembrar como era maçante passar a acordar às 05h para chegar ao destino às 06h (horários "na véa"). Era dose!

logoblog
Comentários
0 Comentários

0 comentários: