Por Andréa Almeida


Temos tido muitos motivos de orgulho ultimamente, em nossa cidade, o maior deles, as iniciativas cidadãs que se multiplicam. Foi-se o tempo em que tudo era esperado do governo. Agora, enquanto se cobra e se reclama e se exige, o povo faz! Povo de raça, demonstra tua força, tua capacidade, mostra que tua força é ilimitada!

As manifestações culturais tendem a se organizar e manifestar em grupos unidos e decididos. Chega de inércia. O resultado da não-ação, onde há capacidade, competência e energia, é uma explosão desordenada, que salta de forma inadequada em vícios, álcool, drogas, etc. Não podemos permitir, e nem vamos, que nossos talentos, saúde e educação se percam num mar de inércia. Jamais! O povo valente de Chapadinha acordou para seus deveres e direitos de cidadania, aprendeu que participar é importante e que, sem união de grupos afins, o todo enfraquece. Bem como o corpo é formado de células que se unem para formar nossa pele, que nos defende do frio e do calor, hão de formar-se correntes coesas e conscientes. Trabalhar é preciso, porque só chuva cai do céu, mas trabalhar em prol de si mesmo é a melhor batalha que pode acontecer!

Como já foi dito por alguém: "ninguém disse que era fácill". Ainda bem, pois o que se consegue por meio de esforço e talento é muito mais prazeroso e honroso. Mas necessário se faz que não se omitam os sujeitos interessados: o povo, seus grupos isolados, que formam o todo. Precisamos de mais saúde, mais educação e mais cultura.

Falta de matéria-prima não será o motivo de uma possível derrota da cidadania. CULTURA, EDUCAÇÃO E SAÚDE são o tripé em que temos que nos erguer. Façamos força! Não é fácil, melhor ainda, É POSSÍVEL! Só depende de nós!

Lembremos: de nada adianta mudar a administração da empresa se os funcionários continuam a fazer tudo igual. O POVO TEM QUE MUDAR JUNTO!


logoblog
Comentários
0 Comentários