19 de out de 2012

Prefeito de Buriticupu é condenado por ofensa à honra de promotor de justiça

Prefeito "Primo" - Buriticupu

O prefeito de Buriticupu, Antonio Marcos de Oliveira, foi condenado a um ano e oito meses de detenção, em regime aberto, por ofender a honra do promotor de justiça Alessandro Brandão Marques, atualmente na Comarca de Araioses. A decisão é da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça e foi proferida na terça-feira, 16.

Antonio Marcos, conhecido como Primo, usou o microfone de uma rádio em Buriticupu, em maio de 2007, para ofender a honra do promotor, à época titular da Promotoria de Justiça local. O prefeito disse que Alessandro Marques estaria patrocinando invasões de terras, fomentando a desordem e a bagunça na cidade, além de persegui-lo enquanto gestor municipal.

Primo poderá recorrer da sentença em liberdade. O relator do processo, Des. Bayma Araújo, ressaltou, ainda, que a decisão não leva à perda do cargo de prefeito.

Fonte: CCOM-MPMA

N. do Adm. - Caluniou e difamou um promotor, pegou regime aberto e continua no cargo. Não é à toa que nossos políticos amam nosso código penal...

Comentários
0 Comentários

0 comentários: