19 de set de 2012

Auditor da CGU detona fichas-sujas, Magno VESTE A CARAPUÇA e blogueiro de aluguel PIRA!!!


Desde julho tenho alertado o povo sobre uma representação eleitoral de Magno Bacelar contra mim, ajuizada logo após termos publicado um texto de autoria de Welliton Resende, Auditor da CGU (Controladoria-Geral da União) no MA e ex-analista do TCE-MA (Tribunal de Contas).


No texto, Resende detona os fichas-sujas maranhenses, chamando-os de "caras-de-pau", "mais sujos que pau de galinheiro", e denuncia a tramoia de alguns para tentar enganar o povo: fazer com que as Câmaras Municipais aprovem suas contas reprovadas no TCE para, depois, mentir que "não são mais inelegíveis" (leia o artigo na íntegra aqui).

Recentemente, o administrador do blog Chapadinha Anúncios, Enedilson Santos, foi notificado da referida representação, vez que ele também foi incluído nela, juntamente com a candidata da oposição, Ducilene Belezinha (ver imagem acima). Lógico que ela não tem nada a ver com o caso, mas Bacelar e seus cupinchas vem tentando, de todas as maneiras, ligá-la a nosso blog, para desqualificar nossas denúncias contra ele - que não são poucas, graças à sua má-índole política. Como ainda não fui notificado, pedi a Enedilson que me enviasse a parte da notificação que relata o motivo da ação - e minhas suspeitas se confirmaram: Magno Bacelar, literalmente, VESTIU A CARAPUÇA do texto de Resende, e nos representou na justiça por tê-lo reproduzido! Se já leu texto, confira a justificação do que se diz "ficha-limpa" para mover a ação:


Como de praxe (nesse tipo de ação eleitoral), Bacelar deve ter pedido a retirada do referido texto de nosso blog. Se o pedido foi deferido ou não, saberei ao ser notificado, mas e quanto ao texto original, publicado no Blog do Controle Social??? Porque o "santo" Bacelar não tomou nenhuma "providência" com relação ao autor dele? Aguardem mais informações sobre o caso, por enquanto ficamos satisfeitos com sua confissão tácita acerca de sua situação.

Ué, mas o blog Intervendido não tinha dito que o motivo da ação era outro?

Se o motivo da representação foi o texto de Resende, conforme comprova a imagem anterior, e o objetivo, provavelmente, a retirada dele, porque então o rapazinho Antenor Ferreira, do blog Intervendido, teria publicado que o motivo eram meus comentários no Facebook, tais como eu ter chamado o ficha-suja de "ficha-suja" ou ter dito que ele responde a 4 processos na Justiça Federal por desvio de verbas? (confira os processos aqui!)

Bom, em primeiro lugar, para tentar denegrir nosso blog, que hoje goza de uma credibilidade na região que o dele há muito tempo perdeu, quando ele mudou sua linha editorial "da água pro vinho" após ter firmado contrato com prefeitura. Em segundo lugar, porque ele não gostou de termos publicado uma denúncia sobre as gratificações ilegais e/ou arbitrárias pagas pelo atual governo a "apoiadores", comprovando-as com cópias de contracheques, inclusive o dele (veja aqui), e contrapondo o fato à perseguição sofrida por outros servidores (aqui). E, por fim, por desespero puro e simples, diante da derrota iminente de seu empregador nas eleições que se aproximam e a consequente perda do contrato (devido às acusações infundadas que dirigiu à provável futura gestora), razão pela qual o coitado não escreve mais "coisa com coisa".

Distorcer os motivos de uma representação judicial para difamar os outros é crime, no entanto, deixarei passar mais esta, me reservando o direito de juntar a "pérola" ao meu rol de provas a serem utilizadas em possíveis ações, inclusive advindas dele ou de outro péla-saco qualquer, mas, desde já, aviso: é bom não abusarem muito da sorte...

PS: Muito em breve, tudo sobre a lei conhecida na cidade como "Lei da GID" (Gratificação Ilegal por Desempenho). Aguardem...

Comentários
0 Comentários

0 comentários: