05/09/2012

Eleições 2012: Você votaria em uma ANTA?


Magno Bacelar é uma farsa. Uma aberração política. A maior dos últimos tempos no nosso Estado. O médico caricato do Alagadiço Grande recentemente protagonizou cenas ridículas e patéticas no cenário político brasileiro, colocando o nome do Maranhão, principalmente o de Chapadinha, no rol do anedotário político nacional. Viramos motivo de piada...

Conhecido pelo destempero verbal e pobreza de raciocínio, Magno se tornou uma "pseudo celebridade" ao se envolver em várias polêmicas com jornalistas, músicos e colegas de parlamento. Numa dessas polêmicas, o suplente de deputado recebeu o honorável título de "Anta Maranhense" - alcunha dada pelo colunista Augusto Nunes, da revista Veja [leia aqui]. Em outra, foi acusado por um deputado de ter várias fazendas em nome de "laranjas".

Sem falar no caso bastante comentado no meio esportivo de todo o mundo: a marmelada futebolística em que o time de Chapadinha perdeu de 11 x 0 para Viana, sofrendo nove gols em nove minutos. A consequência imediata de mais essa palhaçada capitaneada, segundo a imprensa, por Magno Bacelar, foi o banimento quase definitivo do Galo da Chapada da liga maranhense de futebol. Como um galo teria apetite para tanto frango???

Atualmente, na condição de suplente de deputado, Magno tem utilizado a tribuna da Assembléia para desferir ataques contra sua principal rival: Belezinha. Isso porque a candidata está liderando com ampla vantagem nas pesquisas e inevitavelmente irá derrotá-lo em Chapadinha. Aliás, para quem não se lembra, a trajetória política de Magno está em franca decadência. Ele não conseguiu eleger sua sucessora, Danúbia; não obteve a maioria dos votos para deputado em Chapadinha, mesmo controlando a prefeitura, e não foi eleito deputado, dependendo de favores para assumir a vaga...

O desespero é tanto que ele, ameaçado de derrota humilhante em sua base eleitoral, partiu para o ataque: Do plenário da Assembléia Legislativa, acusou a governadora Roseana Sarney de "patrocinar convênios fantasmas com associações de moradores para compra de votos no interior do Estado" e insinuou sobre sua possível cassação... A reação foi imediata: Roseana mandou cortar suas emendas... Ao perceber o tamanho da bobagem, ele voltou atrás no dia seguinte, dizendo que tinha jogado "palavras ao ar" [leia aqui]. Como alguém ameaça a pessoa responsável pelo cargo que ocupa???

Agora me responda, caro eleitor: Você votaria em alguém que reconhece publicamente que o que ele próprio diz não tem o menor fundamento? Que fica por aí, como se fosse um lunático, atirando palavras ao vento? Que num dia joga pedra contra a governadora e, no outro, age como se tudo não passasse de uma brincadeira, um simples mal entendido? Como alguém com um comportamento desses pode administrar uma cidade importante como Chapadinha? Pense bem...


Movimento pela Libertação de Chapadinha
Org: E-Manoel Almeida.




N. do Adm. - Imagem meramente ilustrativa. Deseja publicar em nosso blog? Basta enviar seu texto pelo menu Contato (no alto do blog) ou do seu email para chapadinhaonline@live.com
Comentários
1 Comentários