22/09/2012

"O Urro do Touro Manso" (Anônimo)

O touro manso, agora transformado em capacho do candidato ficha-suja, ultimamente anda "soltando fogo pelas ventas"... Motivo: ele já sabe que seu atual patrão, o adversário de Belezinha, vai perder. E perder feio, como mostram todas as pesquisas. Se isso se confirmar, o ex-batedor de carteira do INSS vai ter que se virar para trabalhar. Ou então passará fome.

No fundo é esse oportunismo político que vai garantindo a sobrevivência do zebu. Para quem não se lembra, aqui vai um refresco: ele começou do lado do Zazá, depois se bandeou para o lado do nota zero. No meio da campanha passada, o touro manso abandonou um caudilho para cair nos braços da candidata que ele mesmo chamava nos palanques de "boneca de milho". De lá para cá, tentou vender novamente seu passe para Belezinha, que de pronto recusou. Eis o motivo da revolta.

Se você está chocado, saiba que esse é o comportamento habitual dele. Aliás, nesse quesito, o touro manso ocupa a escala mais baixa da podridão humana. Quem o conhece sabe que ali não há o menor resíduo de um cidadão preocupado com os rumos de Chapadinha. Há, sim, o DNA do picareta. Do moleque de recados. Do escroque político. Do bajulador. Do batedor de carteira. Do analfabeto de gravata.

Que o eleitor não se engane: ele é do tipo em que o demagogo, o cínico e o vigarista se misturam tão bem que não se saberia dizer onde acaba um e começa o outro. É por isso que ele só encontra abrigo em grupo que tem político ficha-suja. E depois do dia 07 de outubro, o touro manso vai sair de cena para sempre. Vai voltar cabisbaixo para o seu curral, com seus olhos mareados, rabo entre as pernas e chifres arqueados.

(Comentário postado anonimamente)



N. do Adm. - Deseja publicar seu texto em nosso blog? Basta enviá-lo a partir do menu Contato (no alto da página) ou diretamente de seu email para chapadinhaonline@live.com
Comentários
2 Comentários