Por Brendha Gomes, com informações do G1/MA:


O G1 divulgou neste domingo (29) uma matéria que registra mais de 14 mil índios aptos a votar no Estado do Maranhão. O índice refere-se a 17 cidades do Estado, sendo que Chapadinha aparece em primeiro lugar no ranking, com 2.370 índios registrados.

A estatística foi divulgada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA), que fez um mapeamento do eleitorado maranhense. O expressivo número surpreendeu a muitos que não faziam ideia da quantidade de índios no município.

Ainda segundo a reportagem, os 14 mil índios eleitores fazem parte de aldeias situadas em Altamira do Maranhão, Araioses, Arame, Bacabal, Balsas, Barra do Corda, Buriticupu, Caxias, Chapadinha, Fernando Falcão, Grajaú, Itaipava do Grajaú, Jenipapo dos Vieiras, Joselândia, Maranhãozinho, Presidente Sarney e Santa Luzia.

Enquanto Chapadinha ocupa o 1º lugar no ranking, Buriticupu, na região central do MA, ficou em último, com apenas 89 índios aptos a votar no dia 7 de outubro.

Fonte: Local Notícias [editado]

N. do Adm. - Chapadinha inteira se pergunta de onde teriam surgido tantos índios, uma vez que aqui não há nenhuma comunidade indígena. Enquanto alguns supõem tratar-se de um erro do G1/MA ou do TRE-MA, outros suspeitam de uma tramoia política, na qual um certo candidato, sem nenhuma chance de vencer (honestamente) as eleições de outubro, teria transferido os títulos de mais de 2 mil índios para Chapadinha. Certo mesmo é que, diante da notícia surreal, o povo aguarda uma retificação do referido órgão de imprensa ou o posicionamento da Justiça Eleitoral sobre o caso.

logoblog
Comentários
1 Comentários