Maria Coelho: Pressionada por oportunistas

No último dia 10, o diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) decidiu romper com o governo de Chapadinha e apoiar a pré-candidata "Belezinha" para prefeita.

Tal decisão teria "quebrado as pernas" do grupo 'Magnúbia' que, por esta razão, teria resolvido comprar algumas múmias de uma tal de 3ª Via como forma de demonstrar poder. Os PTistas da base governi$ta também sentiram o baque ao ver seus sonhos de corrupção se evaporando e, por esta razão, tentam a todo custo reverter a decisão tomada pelo próprio partido, para que possam, pelo menos, ficar ao lado dos patrões nos palanques, como bons péla-sacos.

Neste momento, lideranças do governo e da oposição encontram-se na capital defendendo suas pretensões junto ao diretório estadual, de onde retornarão, ainda nesta terça-feira, já com o resultado em mãos.

Segundo informações, a militante Maria Coelho decidiu entregar o cargo de secretária adjunta da Educação e pediu, também, seu afastamento da executiva do partido devido à pressão que vem sofrendo por parte dos governi$tas, principalmente do ex-secretário de Assistência Social e pré-candidato a vereador (que Deus nos defenda!) Eduardo Braga, o qual teria, inclusive, usado o cargo ocupado por Maria Coelho para chantageá-la, uma vez que ele é "esposo" de Enir Ferreira, secretária de educação.

O coordenador da pasta do Trabalho, Zezinho Lima, já havia entregue seu cargo durante a convenção do dia 10. É bem assim mesmo: em qualquer instituição há os que sabem respeitar a decisão da maioria, como Maria Coelho e Zezinho Lima, e aqueles que não pensam em outra coisa a não ser nos próprios interesses, como Eduardo Braga e seus comparsas. Para escolher bem seus representantes, basta que o povo fique atento a esses pequenos detalhes...

logoblog
Comentários
3 Comentários