Irmã de Décio Sá culpa 'oligarquia Sarney' pela falta de segurança no Maranhão

Washington Oliveira conversa com Vilenir

A caminhada em solidariedade a Décio Sá, realizada na tarde desta terça-feira (1º), na Avenida Litorânea, foi marcada por muita emoção e protesto de milhares de pessoas que participaram do ato.

Uma voz, no entanto, se sobressaiu: a da professora Vilenir Sá, irmã do jornalista assassinado. "Quem era amigo de Décio está aqui", disse a professora, e emendou: "Depois de 50 anos de oligarquia, não conseguimos ter garantia mínima de segurança no Maranhão".

Contudo, Vilenir demonstrou ter alguma esperança de que o caso da morte de seu irmão seja elucidado, e agradeceu a presença do vice-governador e pré-candidato a prefeito de São Luis, Washington Oliveira.

Também estiveram presentes na passeata a ex-prefeita Conceição Andrade, o secretário de Meio Ambiente, Victor Mendes, os deputados estaduais Roberto Costa e Fufuquinha, o ex-deputado Fufuca Dantas e o deputado federal Chiquinho Escócio.


Comentários

Comentário(s)
Comentário(s)
  1. Estão falando muito este casa só vai ter solução por que Decio era colunista do JM. se continuarem falando dos donos do maranhão este caso vai terminar igual a caso Bertim.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

OBS: Comentários com termos chulos ou ofensas à honra alheia serão deletados.