31/05/2012

Chapadinha: Defensores do (des)governo municipal comemoram recuperação da Ataliba

Em Chapadinha acontece de tudo, principalmente nesse período que antecede as eleições...


Embora a péssima administração de nossa cidade seja reconhecida em todo o Maranhão, os defensores do atual (des)governo continuam alardeando o contrário, inventando que as coisas por aqui andam "boas d+". Até aí tudo normal, haja vista que, em qualquer lugar do mundo, os poderosos vivem cercados de bajuladores, gente (se é que podemos chamar assim) que não sabe ou não tem capacidade para fazer outra coisa a não ser adular quem está no poder, seja lá quem for. No entanto, um episódio ocorrido ontem (30/05) me chamou a atenção: a "festinha" que os governi$tas fizeram por conta do início das obras de recuperação da Avenida Ataliba Vieira de Almeida, trecho próximo ao cemitério.

Segundo ele$, a recuperação da avenida calaria "a boca da oposição", talvez referindo-se aos partidários da pré-candidata à prefeita 'Belezinha', e acabaria com o clima de "já ganhou" em seu grupo político. Uma trupe de bajuladores, por sinal, passou o dia postando a novidade em blogs e redes sociais, elogiando a "mega-obra", como se responsáveis fossem por ela. Até o blogueiro oficial da prefeitura - o que se acha o 'Amaury Júnior da Chapada' - deus as caras no Facebook comemorando o "asfalto europeu"...

Este autor ficou pasmo diante de tamanha tolice... Certo que o estado precário da Av. Ataliba sempre foi um dos símbolos da má administração municipal, mas é apenas um (01), dentre inúmeros outros. O verdadeiro "elefante branco" de Chapadinha, por exemplo, - a situação caótica da nossa saúde pública -, continua esquecido pelos gestores. Enquanto os bajuladores comemoram a recuperação da avenida - que, apesar de não-prioritária, é bem vinda - nossa população continua entregue a Deus quando adoece ou sofre algum acidente. Ninguém sabe para onde estão indo os quase R$ 1,5 milhão destinados aos hospitais, ninguém sabe onde está a ambulância comprada no início do ano, ninguém explica o porquê de a Casa de Apoio na capital encontrar-se em total abandono, ninguém explica como um só médico pode dar plantão em dois hospitais ao mesmo tempo, enfim, ninguém sabe de nada, ninguém viu nada, ninguém faz nada, quando o assunto é a saúde da população.

Não irei discorrer aqui sobre a qualidade das obras de pavimentação de nossas vias, vez que o assunto já foi discutido nesta página (leia aqui). O certo é que nossos governantes e seus péla-sacos continuam subestimando a inteligência da população, achando que tais obras de última hora - totalmente custeadas pelo Governo do Estado - farão com que o povo esqueça de todas as outras mazelas a que foi ou continua sendo submetido.

E, como era de se esperar, o tiro está (mais uma vez) saindo pela culatra. Quanto mais nossos gestores fazem da cidade um "canteiro de obras eleitoreiras", mais a população fica indignada com eles. Primeiro, porque é sabedora que as verbas aplicadas em tais obras sempre vieram para o município, desde o primeiro ano do mandato atual, razão pela qual nada justifica os anos de buraqueira que nos foram impostos. E porque sabe, também, que, se Danúbia Carneiro fez o que fez diante da possibilidade de uma reeleição, imaginem o que não faria caso fosse para um segundo mandato, sem nenhuma esperança de retornar ao poder...

Imagem: blog do Faísca

Comentários
2 Comentários