Presente no velório de Millôr Fernandes, que acontece nesta quinta-feira (29) no cemitério Memorial do Carmo, no Rio de Janeiro, o humorista Marcelo Madureira comentou que quer saber quando os veículos de comunicação vão parar de dar notícias ruins. "Quero saber quando vão começar a dar as notícias boas, como a morte de José Sarney e Jader Barbalho", ironizou.

Voltando à TV com o Casseta & Planeta Vai Fundo, Madureira comentou que nunca viu ninguém com tanta moral quanto Millôr. "Foi um cara que traduziu obras de Shakespeare. Fiquei pessoalmente comovido e profissionalmente me sinto órfão", falou.

Millôr Fernandes morreu aos 87 anos na terça-feira (27), por falência múltipla dos órgãos. Nomes como Dilma Rousseff, Geraldo Alckmin, Gilberto Kassab, Arnaldo Jabor, Maurício de Sousa e Paulo Caruso lamentaram e repercutiram a morte do escritor.


logoblog
Comentários
1 Comentários