Os blogs São benedito e Urbano Santos Online noticiam uma suposta agressão verbal e física cometida pelo promotor Henrique Helder (imagem abaixo) contra um dos membros do NDDC (Núcleo de Defesa dos Direitos da Cidadania) de Belágua-MA. A Comarca de Urbano Santos engloba os municípios de São Benedito do Rio Preto e Belágua, sendo que Dr. Henrique é o representante titular do Ministério Público naquela região.

Confiram o texto veiculado pelos blogs:

No último dia primeiro de março, um grupo de companheiros do Núcleo de Defesa dos Direitos da Cidadania de Belágua-MA esteve na sede da Promotoria de Justiça da Comarca de Urbano Santos, para ver a quantas andam denúncias de supostas irregularidades em convênio naquele município.

Amistosamente, o companheiro Ivan se dirigiu ao promotor Henrique Helder de Lima Pinho com a seguinte pergunta: "nós queremos saber se você pode nos dar uma certidão dizendo quais os procedimentos adotados". Helder, prontamente respondeu: "desde quando eu te dei autorização para me chamar de 'você'?".

No que diz respeito às denúncias, o N. Promotor se ateve apenas a dar conselhos aos companheiros presentes, afirmando que "o caminho judicial é o pior caminho" e que os moradores deveriam "tentar resolver cobrando da administração de Belágua, tendo em vista que o prefeito da cidade é inexperiente". Em seguida, disse que "os próprios moradores deveriam buscar informações sobre o convênio".

O Excelentíssimo Senhor Nobre Promotor Helder chegou ao cúmulo de ameaçar retardar o processo do qual os moradores buscavam informações, voltado atrás em seguida.

Depois dos questionamentos, Ivan justificava aos demais companheiros que "chamar o promotor de você não é nenhum crime pois este é um pronome de tratamento legal que não é proibido". Ao ouvir isto, o Promotor transformou-se e transtornou-se, dirigindo-se a Ivan, ordenando: "Sai da sala que tu é um pilantra e mau caráter, não sei onde estou que não te encho de porrada".

E em seguida, o Excelentíssimo deu um empurrão em Ivan, botando-o para fora da sala aos empurrões, na frente de várias testemunhas.

Oito moradores do povoado Pau Ferrado II, Belágua-MA, testemunharam todo o acontecimento. Ao sair da promotoria, o grupo foi até a delegacia de polícia de Urbano santos, onde registrou Boletim de Ocorrência.

Mais informações em breve...


logoblog
Comentários
2 Comentários