O texto (e a proposta) de uma campanha pela limpeza e renovação da Câmara Municipal de Chapadinha, de autoria do presidente do SINDCHAP, Armando Araújo (leia aqui), foi o assunto dominante na sessão desta segunda (05), na casa do povo.

Vereadores de Chapadinha: Unidos pela 1ª vez!

Com exceção de França Nilo (que faltou à sessão, "pra variar"), Jorge 'ACS' e Antonio 'Peroba' (que não se pronunciaram, "pra variar"), os vereadores não mediram palavras para se defender das críticas do professor Armando (curiosamente, não se mostraram tão preocupados assim com a imagem da instituição). Confiram:

Marcelo Meneses - Como de praxe, iniciou denunciando (mais) irregularidades cometidas pela "quadrilha" no poder. Disse ter compreendido a indignação do professor, mas defendeu seus colegas, afirmando que a maioria cobra ações do executivo, mas não são atendidos.

Emerson Aguiar - Manifestou repúdio ao texto do presidente do SINDCHAP e, como exemplo de "seu trabalho pelo povo", citou uma viagem que teria feito a São Paulo, juntamente com os ge$tores, para tratar da instalação da Susano em Chapadinha, com executivos e advogados da empresa. Foi o primeiro a citar o caso de um suposto familiar de prof. Armando que "receberia da prefeitura sem trabalhar".

Samuel Nistron - Interrompeu o pronunciamento do vereador Marcelo para dizer que, até aquele momento, nenhuma denúncia contra a atual ge$tão havia sido apresentada naquela casa, mas apenas "reclamações", razão pela qual ele e seus colegas nada podiam fazer pela população.

Graça Nunes, Hilda Ponte e Francisca Aguiar - Mostraram indignação, afirmaram ajudar o povo "necessitado" por dever e não por votos e rebateram outros pontos do texto do professor. Salientaram uma suposta dependência ao poder executivo, como se necessitassem deste para "ajudar" o povo.

Márcia Gomes (Presidente) - Foi a que mais se exaltou. Alegou, inclusive, já ter ajudado o professor Armando no passado, quando este precisou. Praticamente o desafiou a esclarecer o suposto caso de uma parente que residiria no Rio de Janeiro (RJ) e receberia como professora de Chapadinha.

Voltaremos a esse assunto muito em breve. Outros que foram abordados, como uma provável audiência pública com representantes da Susano, deixarei para que os blogueiros da prefeita noticiem, vez que eles recebem para isso.

Só para constar, ao final da sessão, o vereador Marcelo me repassou alguns documentos muito interessantes... Até.

logoblog
Comentários
0 Comentários

0 comentários: