O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Arnaldo Melo (à direita), confirmou decisão da Mesa Diretora de diminuir o número de "salários" dos deputados maranhenses.

A decisão vem logo após matéria da Folha do último sábado (03), onde foi denunciado que os deputados estaduais do Maranhão recebiam 18 'salários' (leia aqui).

Melo explicou que a Mesa Diretora resolveu alterar o decreto e, a partir de agora, os deputados receberão um (01) subsídio a mais no início e no término de cada legislatura, como ajuda de custo. Assim, a Assembleia se 'adequaria' à Câmara Federal. Em outras palavras, nossos deputados passarão a receber 14 'salários'.

Equívoco

A matéria da Folha de São Paulo cometeu um pequeno equívoco. Em vez de 18 salários, os deputados maranhenses recebiam (apenas?) 17. É que, ao cumprir a obrigação de comparecer a 1/3 das sessões, o deputado não ganharia mais um salário, e sim "deixaria de perder" – o que ocorreria se ele não atendesse a essa norma.

De qualquer forma, com a decisão, a Mesa Diretora dá um fôlego moral à Casa.


logoblog
Comentários
0 Comentários