Objetos Voadores Não Identificados caíram no Maranhão. O que será que eles estão procurando, o que vieram trazer até nós? Se estão procurando escolas fechadas estão no lugar certo, se buscam rodovias intransitáveis igualmente, se fazem algum estudo sobre administrações carnavalescas, que fiquem aqui.

Há quem diga que vieram trazer infusões mais eficazes para os ferimentos de Igor Lago, mas é difícil de acreditar. Alguns sugerem que estejam tentando salvar os mandatos de Cléber Verde e Valdir Maranhão ou que fazem pesquisas sobre os efeitos da Lei da Ficha Limpa nos rendimentos dos tribunais. Tomara que aquelas bolas metálicas que estão espalhando nos municípios não estejam carregadas de notas fiscais frias e também não sejam urnas eletrônicas de última geração capazes de impedir até abuso de poder político e econômico e pagamentos de contas de água e luz.

Se saírem ETs de dentro delas, podem apostar que todos são candidatos à Presidência da Assembléia Legislativa do Maranhão ou, o que é mais duradouro e lucrativo, a um cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Estranho é que os ETs preferem pousar suas aeronaves dentro do mato que nas estradas do Maranhão.

Estaria o futuro presidente da AL aqui dentro? (img: CN-1)

Supõe-se que eles vieram aqui para conversar com o ET Oliveira sobre como ganhar eleições sem ter votos, mas logo foram chamados para uma reunião com mais cinco candidatos. Querem também fundar o PCI, Partido dos Candidatos Interplanetários - desde que tenham a garantia de firmar convênios e outros contratos espaciais com o governo do Estado do Maranhão.

Vamos dar as boas vindas aos ETs e instalá-los na sede do PSB onde, afinal, eles pensam em fazer uma intervenção. E como tudo que vem de cima para baixo rebenta na cabeça de alguém, proteger o José Reinaldo Tavares de ondas radiofônicas capitais em sua direção. Se ainda assim os ETs continuarem atirando bolas de metal em nossas cabeças, foge todo mundo no helicóptero da PM em busca de proteção na Ilha de Curupu.


logoblog
Comentários
0 Comentários