Um estudo divulgado na última sexta-feira (13/01), elaborado pela ONG mexicana "Conselho Cidadão para a Segurança Pública e Justiça Penal", aponta pelo menos 14 cidades brasileiras entre as 50 mais violentas do mundo.

No topo da lista estaria a cidade de San Pedro Sula, em Honduras, com uma taxa de 158,87 homicídios para cada 100 mil habitantes. Em 2º lugar, Juárez, no México, com uma taxa de 147,77.

No Brasil, Maceió aparece ocupando o 3º lugar no ranking, com uma taxa de 135,26 homicídios por 100 mil habitantes. Depois da capital alagoana estão Belém-PA (10º lugar, 78,08 homicídios), Vitória-ES (17º lugar, 67,82), Salvador-BA (22º, 56,98) e Manaus-AM (26º, 51,21). Em 27º lugar estaria São Luís-MA, com uma taxa de 50,85 mortes violentas para cada 100 mil habitantes.

Estudo suspeito:

Segundo o blogueiro Décio Sá, a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-MA) contestou os números, argumentando que, em 2011, São Luís teria até ganho o título de "Menos de Violenta do Nordeste". Décio disse, também, que "o estudo é falho porque só leva em conta as cidades cuja informação estatística sobre homicídios esteja disponível na internet. Ou seja, quem não aparece na rede de computadores, não foi avaliado. Assim, o Rio de Janeiro, conhecido pela guerra do tráfico, (pasmem!!!) não aparece no estudo."

O argumento de que os números do Rio não apareceriam na rede de computadores, ao contrário dos de São Luís, parece surreal... No entanto, o blogueiro acertou em salientar a ausência da capital carioca nessa lista, haja vista ela ser conhecida mundialmente não apenas por seu carnaval, mas também pela violência. Se o Rio ficou de fora, este autor concorda com Décio: tem algo errado com esse estudo...



logoblog
Comentários
0 Comentários