Na noite passada (18/12), o jornalista e blogueiro Luís Cardoso, um dos mais acessados do Maranhão, divulgou os nomes de 4 deputados maranhenses que estariam envolvidos em esquemas de prostituição.

Os parlamentares teriam sido "descobertos" durante as investigações sobre o assassinato da jovem Fernanda Lages (foto), 19 anos, encontrada morta no dia 25 de agosto, em um prédio em construção pertencente ao Ministério Público Federal do Piauí. A polícia teria interceptado a ligação de dois deles quando negociavam com jovens univertárias para bacanais em Teresina.

Três deputados estaduais teriam participado de uma dessas "festinhas": Marcos Caldas, Luciano Leitoa e Carlos Filho. Nesse dia, dois teriam ido de avião para Teresina, sendo que o terceiro já se encontrava lá. Um motorista de Caldas teria levado uma Land Rover para transportá-los naquela capital. Em Brasília (DF), uma boite no hotel Napoleão Bonaparte, frequentada por universitárias detentoras de "carrões importados", também seria palco de orgias de parlamentares maranhenses.

Outro acusado de participar de "festas" e ter tido "casos", inclusive com menores de idade, seria o deputado federal Sétimo Waquim, esposo da prefeita de Timon, Socorro Waquim.

A resposta de Marcos Caldas:

O comentário transcrito abaixo foi postado na referida matéria:

"Caro Luis Cardoso,

Sobre o Título "Blog revela agora nomes dos deputados do Maranhão que participam de bacanais em Teresina" postado em seu blog em 18-12-2011 às 11:37, cumpre-me, como homem público e cidadão esclarecer:

1 – Nunca em toda minha vida privada ou pública participei de qualquer "orgia ou bacanal" na participação de garotas de programa;
2 – Como é notório, o Deputado Carlos Filho é meu adversário político e desta forma, não por animosidade, mas por questões pessoais e políticas, não freqüento o seu círculo de amizade e social;
3 – Quanto ao Deputado Luciano Leitoa, só tenho contatos através do parlamento.
4 – Assim, desafio Vossa Senhoria no sentido que prove, demonstrando a minha partição "quando negociava com jovens universitárias para bacanais em Teresina", conforme exposto no seu blog.
5 – Estou ciente que o Senhor, como jornalista, a lei lhe protege quanto ao sigilo da fonte, todavia, tomarei as medicas judiciais cabíveis quanto à exposição do meu nome neste fato que desagrada qualquer cidadão.

Atenciosamente.

Marcos Caldas
Deputado Estadual -Vice Presidente da Assembléia Legislativa."


logoblog
Comentários
0 Comentários