Bacabeira: Refinaria Premium enxuga a folha e põe quase mil trabalhadores na rua

O tumulto e os comentários na cidade de Bacabeira-MA é grande. Tudo gerado em torno da demissão em massa realizada pelo consórcio GSF, responsável pela construção da Refinaria Premium I, da Petrobrás.


Segundo informações, o número de demissões chega a quase 1.000 (mil), entre homens e mulheres, o que causou aglomeração de pessoas nas ruas e nas paradas de embarque e desembarque de passageiros, na cidade. Até o final do ano, número de demissões poderá aumentar.

Com a redução de trabalhadores nas obras de terraplanagem da refinaria, fica reforçada a tese de que os planos do Governo Federal e do Ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, - de que a terraplanagem fosse concluída no final de 2012 e a refinaria, em 2016 - sejam adiados.

Segundo estudiosos, a Refinaria Premium I só começará a funcionar em 2020.



Comentários

Comentário(s)
Comentário(s)
  1. Bom, primeiro, se vc for maranhense sabe que agora em dezembro chega o periodo chuvoso e com isso não tem pq eles ficarem com mais de 3 mil homens e mulares parados pois gera um desperdicio de dinheiro e devido a grandiosidade do empreendimento a previsao total de funcionamento é sim por volta de 2020 ou 2022, mas 50% dela deve ficar pronta em 2016 o que é normal, já que as condições climaticas daqui do maranhão não são tão favoráveis assim.
    Louco é quem não acreditar no empreendimento semanalmente vou a bacabeira e percebo a movimentação por lá.
    A previsão é que de Dezembro a Maio fiquem aproximadamente 400 colaboradores e no mês seguinte todos deverão voltar ao seu posto de trabalho.

    ResponderExcluir
  2. Anselmo Coêlho Mendes Júnior22/12/2011 00:40

    Sou de Bacabeira e hoje trabalho em Ferreira Gomes, no Amapá. Queria uma oportunidade de poder estar trabalhando na minha região, sou comprador II.

    Grato

    ResponderExcluir

Postar um comentário

OBS: Comentários com termos chulos ou ofensas à honra alheia serão deletados.