No artigo anterior, discorri sobre a tendenciosidade do blogueiro William Fernandes (foto), já conhecida na região, e sobre um telefonema que recebi a cerca do assunto, denunciando que o blogueiro havia deletado uma de suas matérias para proteger a atual administração.

No referido artigo, eu disse, inclusive, que o conhecia e, à primeira vista, ele não aparentava ser esse tipo de pessoa. Mas confesso que realmente não conhecia William. Como nossos leitores já sabem, não costumo publicar comentários ofensivos neste blog. No entanto, reproduzo abaixo (na íntegra) o comentário deixado por ele sobre nosso artigo, para que todos testemunhem a que ponto ele chegou. Observem:

"Jonnay, gostaria que você tivesse mais cuidado e responsabilidade com o que escreve. Jamais apaguei nenhuma matéria como você sugere e esse outro imbecil do leitor anônimo disse.

Todas as matérias publicadas continuam no blog. Basta ver na coluna à esquerda, nos arquivos. Isso ocorre, quando há um determinado número de matérias publicadas. Uma nova página se abre e as matérias anteriores vão para a página de arquivo, mas permanecem no blog e vc, como blogueiro deve saber disso. Outra coisa: quando fiquei sabendo da morte do sr. Agripino, eu estava na estrada e, assim que cheguei a São Luis, fui a uma lan house e postei a matéria noticiando a morte e falando sobre o acidente, uma vez que costumo postar as informações sem emitir comentários.

Você sim, está se mostrando um verdadeiro capacho do grupo de opo$ição, fingindo ser um defensor do bem comum. Comum a quem? À sua pe$$oa?

Você está comprando uma briga com a pessoa errada. Nunca respondi a nenhuma de suas provocações mesquinhas, antiéticas e incentivadas, mas agora você terá o que merece, mesmo sabendo que você está a $erviço do grupo que afundou a cidade.

Sei também, que vc está apenas querendo usar a audiência do meu blog para querer aparecer, assim como um certo blogueiro, que já foi do teu grupo e depois se calou.

Me aguarde e, por gentileza, publique meu comentário."

(William Fernandes, via comentário)

A primeira coisa que fiz quando recebi o telefonema relatando que William havia deletado a tal matéria foi procurá-la na coluna à esquerda de seu blog, no chamado "Arquivo de Postagens", e confesso que não a vi lá. Agora procurei de novo e a localizei rapidamente. Supondo que eu tenha sofrido uma cegueira momentânea, resta a palavra do blogueiro contra a do leitor que fez a denúncia. Sim, contra a do leitor, pois eu já havia dito que não tinha visto a matéria que William teria deletado. Por outro lado, citei alguns casos testemunhados por mim que evidenciariam a tendenciosidade do blogueiro, mas, quanto a esses casos, William nada falou no "comentário" acima. Em vez disso, resolveu me atacar, chamando-me, por exemplo, de "capacho do grupo de opo$ição" ou dizendo que eu estaria usando a audiência do blog dele para "aparecer". Por falar no blog dele, vejam um print recém tirado de lá:


Na postagem acima, William atribui minha suposta "servidão" ao fato de minha mãe ter ocupado o cargo de Secretária de Educação em um dos mandatos de Isaías, há uns 15, 20 anos atrás, sei lá. Ele só esqueceu de mencionar que ela assumiu tal cargo "transitoriamente" e por pouquíssimo tempo, até que o ex-prefeito nomeasse alguém do grupo. Curiosamente, o blogueiro também esqueceu-se de dizer que meu irmão também trabalhou em cargo comissionado - e por muito mais tempo - durante um dos mandatos de Magno Bacelar. Sendo assim, minha "bronca" deveria ser apenas com Danúbia Carneiro, já que, a ela, eu "não devo nada"! Pode??? Ah, o blogueiro também esqueceu de mencionar minha "traição" a Isaías, haja vista que, no primeiro embate deste contra Magno, eu votei no último. Sim, porque, na cabeça desse povo, os governantes não são nossos empregados: são nossos amos!

Mas, afinal, o que teria acontecido ao pacato cidadão William Fernandes? Teria ele bebido, antes de publicar essas doidices? Ou estaria apenas tentando desacreditar este blog, assim como seu grupo vem tentando fazer com o professor (e também blogueiro) Enedilson Santos, acusando-o falsamente de ter abandonado a sala de aula?

Por que, para essa gente, há sempre uma segunda intenção em tudo? Um cidadão não pode defender seus iguais dos desmandos de um governo corrupto sem que haja algum intere$$e por trás? Por qual motivo uma pessoa que tem um trabalho fixo, que não depende de nenhuma renda suplementar para se manter se sujeitaria a servir a outra (s)? Ainda mais a um grupo político?

Mas, fazer o quê?... Quem tem boca fala o que quer. Continuarei com minha consciência tranquila, defendendo o MEU povo e, desde já, adianto a todos que o Chapadinha Online não será a minha única arma nessa empreitada: em breve meus conterrâneos ganharão um "aliado" de peso na luta contra a corrupção entranhada na política local. Não, gente, não vou ser candidato a nada, continuarei aqui, do lado de fora, do lado de vocês. Aguardem...

Também não ficarei "de guerrinha" com jornali$ta de prefeita nenhum, mas continuarei atento a todos, portanto cuidado com o que publicam, meninos!

Só para constar, este blog me custa R$ 30,00 (TRINTA REAIS) POR ANO, relativos ao gasto com o domínio (endereço) "chapadinhaonline.com.br". Acho que não necessito servir a ninguém para conseguir levantar essa quantia a cada 12 meses, não acham? Ou será que, se me esforçar bastante no serviço, eu não consigo juntar essa bolada toda em, digamos... seis meses???




logoblog
Comentários
5 Comentários