18/11/2011

Chapadinha: Neto Ferreira publica detalhes sobre o caso envolvendo vereador e menores

Por Neto Ferreira: 

"Um relatório comprometedor enviado ao blog confirma que houve realmente um encontro do vereador do município de Chapadinha, Emerson Aguiar (PV) [foto], com duas menores, na porta do Centro de Ensino Raimundo Araújo, encontro esse negado pelo vereador.

Emerson Aguiar foi denunciado pela direção da escola ao Conselho Tutelar de Chapadinha, por aliciamento de menores [...] após encontro com as jovens T. B. Araújo (16 anos), e R. E. B. Oliveira (15 anos) [...]. No relatório obtido pelo blog, a direção esclarece que, no dia 30 de setembro, a professora Maria Rosirene Cunha Martins recebeu, na sala de Inspeção Escolar do referido Centro de Ensino, uma mulher que, segundo consta, seria assessora parlamentar do vereador, Meire Aragão, a qual identificou-se como madrinha das menores.

A professora chegou a liberar as duas jovens, e pior: a direção da escola, afirma ter olhado as alunas juntamente com a suposta madrinha entrando em um carro dirigido pelo parlamentar.

[...] no mesmo dia, as menores foram encontradas em uma calçada nas proximidades do Farol da Educação, onde a adolescente T. apresentava fortes sinais de embriaguez e que o suposto encontro, teria ocorrido no dia (30) de setembro."


Artigos relacionados:
logoblog
Comentários
4 Comentários
4 comentários:
Ivanildo Lima disse...

Explica isso direito, Émerson! E não vem com enrolação não.

PETERFOGO disse...

UM CARA ASSIM TEM QUE IR PRA CADEIA,ISSO É UMA VERGONHA PARA NOSSA CIDADE.UMA PESSOA ASSIM NÃO TEM ESCRÚPULOS.

Ivanildo Lima disse...

Em se comprovando todas as denúncias, tem que se colocar também na cadeia a figura da cafetina, que é citada na matéria. Aliás, porque não divulgam esse "relatório comprometedor" do qual falam? Não nos façam pensar no "jornalismo" do Antenor Ferreira, por favor!

Ivanildo Lima disse...

Beleza! Encontrei imagem do tal relatório na página do Neto.

Postar um comentário

OBS: Comentários com termos chulos ou ofensas à honra alheia serão deletados.