Na manhã de hoje (29), o que deveria ser uma caminhada contra o descaso na Saúde Pública de Chapadinha se resumiu a um pequeno protesto na Praça da Bíblia.

Prof. Jane Andrade
O movimento, originalmente idealizado por universitários da FAP/Cresu por conta da morte de uma colega (supostamente causada por negligência médica) foi substituído, à época, por um debate na própria faculdade, no qual os governi$tas tentaram - em vão - explicar o ocorrido (ver artigos relacionados, ao final). Dada a insatisfação do público com o resultado do debate, a professora Jane Andrade (ao lado) resolveu da continuidade ao movimento em prol da Saúde local e começou a conclamar a sociedade chapadinhense para realizarem a caminhada no dia 20 deste mês. Por conta das chuvas que caíram nesta, o protesto foi adiado para a data de hoje. Mas, como disse no título, a população não se fez presente.

Ainda assim, os poucos guerreiros que compareceram no local marcado realizaram um pequeno protesto, com destaque para a divulgação de um pronunciamento do vereador França Nilo, hoje líder do governo na Câmara, no qual ele relata ter constatado o caos na Saúde quando necessitou do serviço (em breve, neste blog).

Pelo visto, a sociedade chapadinhense resolveu esperar a morte de mais um ou dois membros para se manifestar. É uma pena... mas, diante da anuência geral sobre o caos no setor, corroborada, inclusive, pelos vereadores governi$tas, é a única explicação plausível para o silêncio instaurado na cidade.


Artigos relacionados:
logoblog
Comentários
1 Comentários