Um adolescente de 14 anos levou uma arma para a escola, situada na região do Maiobão, bairro da cidade de Paço do Lumiar.

De acordo com informações preliminares, as crianças estava na quadra esportiva do colégio, quando o garoto sacou a arma e apontou para os colegas que estavam no local. Todos que estavam na quadra saíram correndo e outros pularam o muro da escola, deixando todos os pertences para trás.

Ao saber do fato, a diretora do colégio chamou os pais dos alunos para uma reunião emergencial, os quais se surpreenderam com a notícia. Mas o que mais chamou a atenção foi que a diretora pediu aos pais que não falassem para outras pessoas e nem fossem dar parte na polícia.

Atualização em 09/10/11

O caso do garoto de 14 anos, aluno da Escola Marly Sarney, que teria levado uma arma para a escola e apontado para várias pessoas ainda não foi resolvido - de acordo com o superintendente da Polícia Civil da capital, Sebastião Uchoâ, em informações dadas ao Imparcial na manhã deste sábado (08).

O superintendente disse que as devidas providências já teriam sido tomadas por parte da Polícia Civil, que mandou duas diligências à escola onde o fato ocorreu, porém o local estaria fechado e a diretora da escola não se encontrava no momento. Além do que, as investigações estão sendo dificultadas porque ainda não houve nenhuma denuncia formal sobre o acontecimento.

logoblog
Comentários
0 Comentários