Fomos informados que o Conselho Tutelar já encaminhou ao Ministério Público de Chapadinha a denúncia sobre o suposto aliciamento de menores por parte do vereador Emerson Aguiar e mais duas pessoas.

Além disso, o Conselho teria resolvido não responder às críticas de Emerson acerca de seu procedimento no caso, ocasião em que o vereador disse, inclusive, que iria solicitar que o MP apurasse "o papel" do órgão. Pensando bem, foi uma decisão acertada do Conselho. Ele fez seu trabalho e ponto. Agora cabe ao MP local enviar (ou não) o caso à justiça e, após a decisão desta, saberemos se tais críticas tem fundamento, isto sem que o Conselho tenha necessitado fazer nada além de suas atribuições.

Em postagem anterior, comentamos que alguém ligado ao órgão estaria tentando "abafar" o caso. Nosso informante ratificou tal fato sem, contudo, especificar de que forma, nem se tal pessoa logrou ou não algum êxito, mas apenas que os "motivos políticos" ficaram evidentes.

Como dito antes, a "batata quente" está agora com o Ministério Público - se é que já não foi repassada ao judiciário. Mais notícias sobre o caso em breve.


Artigo relacionado:
logoblog
Comentários
0 Comentários