13/10/2011

Chapadinha: Prefeita tenta boicotar movimento estudantil contra o caos na Saúde

Há muito tempo este blog e outros veículos de comunicação independentes (leia-se "não comprados pela prefeitura") vem denunciando o caos em que se encontra a Saúde de Chapadinha.

São de conhecimento público as mazelas sofridas por quem necessita dos hospitais locais. Após crianças terem sido veladas vivas e inúmeras pessoas terem morrido por falta de atendimento adequado antes de serem encaminhadas à capital, até mesmo os nove vereadores governistas, pressionados pela opinião pública e pelo único colega oposicionista, se viram "obrigados" a convocar a Secretária de Saúde, Maria José Coutinho (foto) para prestar os devidos esclarecimentos. No entanto, apesar de "os próprios" terem reconhecido o caos no setor, nunca mais tocaram no assunto, corroborando o que este blog havia previsto: reconhecer é uma coisa, tentar resolver é outra totalmente diferente.

Diante dos fatos irrefutáveis, a ge$tora municipal, juntamente com seus lacaio$ midiáticos de plantão, sempre saíram "pela tangente", dizendo que tais denúncias não passam de "manobras da oposição". Foi assim que taxaram nosso blog de "oposicionista" ou "partidário". E desta forma são taxados TODOS os que ousam denunciar as irregularidades desse governo. Eis que, agora, um movimento idealizado pela juventude chapadinhense, a qual não suporta mais ver familiares e amigos morrendo à míngua nos hospitais, já está sendo atribuído à oposição, antes mesmo de ser realizado.

Imagem: blog "A Prosa"
O estopim da "Caminhada pela Saúde", marcada para esta sexta (14), às 18h00mim, seria a morte da estudante de letras Arkiane (foto ao lado), de 19 anos. Segundo informações extra-oficiais, na semana passada ela foi levada da faculdade Cresu/FAP, onde estudava, ao Hospital Antonio Pontes de Aguiar, sentindo fortes dores de cabeça. Sem atendimento médico, a jovem teria sido socorrida por funcionários do HAPA, os quais lhe aplicaram uma dipirona e "diagnosticaram" seu estado como "meningite". Arkiane teria falecido ainda no hospital - e tal atendimento precário teria deixado seus colegas e professores indignados.

Na última sexta-feira (07/10), nossa prefeita-coveira - aquela que só toma providências depois que alguém já morreu - visitou a sede do Cresu/FAP para falar com a prof. Noni Braga, responsável pela instituição. Esta última, segundo informaram alguns estudantes, já havia conversado com alunos e professores sobre a realização de uma manifestação contra o descaso na Saúde local, ideia aprovada por todos, sendo que a visita da prefeita visava esfriar os ânimos na faculdade para que tal movimento não ocorresse.

Porém, a ideia prosperou e, por meio de redes sociais na internet, o jovens iniciaram a convocação de mais pessoas para a caminhada, fato que deve ter deixado a prefeita (ao lado) e seus seguidore$ de cabelo em pé, uma vez que, desde ontem (12/10), eles vem tentando, a todo custo, desmoralizar o movimento estudantil, usurpando-lhe a legitimidade e imputando-lhe, como de praxe, o "dedo da oposição".

É triste a atual situação de Chapadinha. Essas pessoas que estão no poder nada fazem pelo povo e ainda tentam desmoralizar quem busca seus direitos. Este autor continuará fazendo a sua parte, seja por meio deste blog, seja indo às ruas, quando possível. Resta saber se eles conseguirão calar nossos jovens, educadores e demais setores da sociedade que anseiam o fim dos "homicídios culposos" que vem ocorrendo em nossa cidade. Segundo informações recebidas por este autor, a prof. Noni Braga já deu a entender que "caiu na jogada" da prefeita e não quer mais participar nem promover o movimento. Torçamos para que nossos jovens não façam o mesmo.

Ponderando tudo o que tenho presenciado nesses últimos anos em Chapadinha, posso afirmar que está sendo travada uma verdadeira guerra entre nós, a população, e esse de$governo instituído na cidade. E que já sofremos inúmeras "baixas", sendo que uma jovem de 19 anos pode ter sido a última vítima. Agora, essa corja veio com tudo e nos provou que é capaz de qualquer coisa para vencer, inclusive "atirar" antes do início de mais uma batalha.

IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA (PELO MENOS, POR ENQUANTO...)
Editado em 14/10 para alguns ajustes.



Artigos relacionados:
logoblog
Comentários
6 Comentários
6 comentários:
Anônimo disse...

Deus tenha piedade de Chapadinha! Mas aqui se faz, aqui se paga. O povo pode até não conseguir muita coisa, mas Deus tá vendo tudo.

Jonnay Alves disse...

Realmente: Da justiça de Deus, ninguém escapa! Obrigado por participar e continue conosco.

Anônimo disse...

Só quem trabalha na saúde de Chapadinha vivencia o descaso que ocorre nas instituições hospitalares e ambulatoriais. Falta tudo, desde os itens mais básicos até os mais imprescindíveis como soro fisiológico e gases. Isso tem que acabar, não podemos ver essa admini$tração agir com absoluto descaso com a população que tanto sofre. Fora Danúbia (pra sempre) e até nunca mais

Jonnay Alves disse...

Prezados leitores,

Alguns comentários não foram publicados por apresentarem denúncias sem as respectivas provas.

Se este for o seu caso, recomendo (se possível) refazer o comentário indicando a fonte das informações. Dependendo do caso, poderemos inclusive publicá-lo como um artigo em separado.

Ciente da compreensão dos Srs,

O administrador.

Anônimo disse...

A saúde em chapadinha está um verdadeiro Caus, onde jáh se viu,a algum tempo atrás precisei de um atendimento Médico, chegando no Hosp.Tive que deitar em um SACO DE LIXO FEITO DE LENÇOL!!!um absurdo, e ainda qnd questionei o Médico, sabem o que ele me respondeu? Se quiser ser atendida deita logo aí!!
Sem contar nas BARATAS correndo por cima dos pés de nossos filhos dentro do consultório!!
ME SENTI LITERALMENTE UM LIXO NESSE DIA!!!

Anônimo disse...

Sou um defensor de Direitos Humanos e só defendo bandido. Não me importo com as pessoas morrendo nos hospitais, desde que os bandidos sejam bem atendidos.

Postar um comentário

OBS: Comentários com termos chulos e/ou ofensas à honra alheia serão deletados.