CHAPADINHA:

Em todas as entrevistas concedidas pela prefeita Danúbia Carneiro (foto) ou seus aliado$, o fato de o pagamento dos servidores ser efetuado religiosamente no dia 20 de cada mês sempre foi utilizado como paliativo para o caos instalado nos serviços públicos, tanto que era cumprido à risca, sendo até antecipado quando a data não caía em dia útil.

E não é que hoje (20/08) a "dádiva obrigatória" concedida por nossa ge$tora falhou? Ela, inclusive, foi à rádio dar suas explicações, mas o povo de Chapadinha sabe muito bem o porquê de essa assiduidade ter sido interrompida. Hoje, por exemplo, os servidores que foram à agência do Banco do Brasil conferir seu pagamento e descobriram o atraso encontraram uma única explicação plausível para o caso: " - Só pra ninguém ir no Festival de Verão..."

Para quem não entendeu, eu explico: durante este final de semana está ocorrendo o Festival de Verão do Bloco BCC, entidade capitaneada pelo empresário Antonio João de Moraes, ou "Moraesinho", como é conhecido. Ele pertencia ao mesmo grupo político de Danúbia Carneiro, com a qual se desentendeu, sendo que, após seu rompimento com o grupo, ela passou a persegui-lo das formas mais esdrúxulas possíveis:

Moraesinho BCC
No carnaval do ano passado, Danúbia rompeu uma tradição de anos para prejudicar Moraesinho: ela ordenou que a banda presente no palco da Praça do Povo, não parasse de tocar quando o trio elétrico do Bloco BCC adentrasse o local. Os foliões ficaram sem entender o que estava acontecendo, sem ouvir nem uma, nem outra atração, estupefatos com a falta de decoro da prefeita e, também, da banda contratada por ela.

Outra perseguição contra Moraes ficou configurada quando Danúbia marcou a data do Festival de Férias da cidade para a mesma data marcada anteriormente pelo empresário, para a realização de seu Festival de Verão, o qual, por esta razão, teve que ser adiado para este final de semana.

Pois eis que, agora, tudo indica que a prefeita resolveu atrasar o pagamento dos servidores, os quais nada tem a ver com suas picuinhas, somente para, mais uma vez, boicotar o evento de Moraesinho. Pode? Enquanto esse grupo estiver à frente da administração, parece que sim!

SÃO BENEDITO DO RIO PRETO:

Caso semelhante ocorreu em São Benedito no último fim de semana: segundo alguns servidores, o prefeito José Creomar (foto), outro déspota da região, atrasou o pagamento do funcionalismo com o intento de boicotar a tradicional vaquejada realizada por Aquiles Erre, irmão do ex-prefeito da cidade Raimundo Erre, seu atual desafeto. A exemplo de Danúbia Carneiro, o prefeito de São Benedito também é conhecido por realizar festas e comemorações na mesma data marcada para os eventos de seus opositores.

É, meus amigos, a situação não está nada boa para a população dos dois municípios, que agora tem que torcer para que nenhum desafeto dos prefeitos agende um evento para o dia do pagamento, ou logo após. Em outras palavras, além de viverem reféns do descaso de seus ge$tores, agora tem que viver, também, reféns de seus caprichos.


Artigos relacionados:
logoblog
Comentários
6 Comentários