22/07/2011

Vargem Grande: Polícia e Guarda Municipal fecham boca de fumo no Bairro Soldadinho

A polícia de Vargem Grande intensificou o combate ao tráfico de entorpecentes na região. Nesta quinta-feira (21/07), por volta das 11:45h, as polícias Militar e Civil, juntamente com a Guarda Municipal local, estouraram uma "boca de fumo" situada na Rua Nossa Sra. de Guadalupe, no Bairro Soldadinho, um dos mais "problemáticos" da cidade.

A operação foi resultado de um trabalho de investigação que se iniciou na cidade no sentido de coibir a prática do delito. Vários suspeitos encontrados no local tiveram que ser liberados por falta de provas contra os mesmos, mas o proprietário do domicílio, Sebastião dos Santos, vulgo "Pedro", foi detido (imagens abaixo).

Com Sebastião foram encontrados um revólver calibre 38 municiado, 700g de maconha prensada, dois celulares e R$ 30,55 (trocados), além de uma espingarda e várias armas brancas. O suspeito justificou o flagrante alegando que tem filhos para criar e não pode trabalhar, pois sofre de problemas na coluna, além de "não saber fazer outra coisa". Apesar de pequeno, esse foi apenas o primeiro de muitos pontos de tráfico que serão fechados na cidade.





Artigos relacionados:
logoblog
Comentários
1 Comentários
1 comentários:
GM Santos disse...

Aí está mas um trabalho em conjunto entre as polícias civil, militar e guarda civil municipal, vale apenas lembrar que as polícias militar e civil de Vargem Grande contam com um militar, um civil e uma viatura por dia, que pertence a civil. O único efetivo que o nosso município tem são 12 guardas civis municipais por dia, na verdade o nosso município está defasado na área de segurança, a militar não tem vtr, a guarda está em decadência começando pelo prédio que está em ruínas, os rádios de comunicação arriaram as baterias, A prefeitura se comprometeu a fazer a troca das mesmas em janeiro de 2011 até a presente data não devolveu, assim como a reforma do prédio e a compra de equipamentos de segurança para guarda nunca sai do papel, enquanto isso quem sofre é a população.

Postar um comentário

OBS: Comentários com termos chulos ou ofensas à honra alheia serão deletados.