Sem argumentos contra o banner acima, divulgado por este blog antes da referida festa, os governi$tas tentaram justificar o gasto de R$ 450.000,00 (quatrocentos e cinquenta mil reais) no evento dizendo que esse valor não seria suficiente para sanar o caos em se encontram os serviços públicos locais.

Eles estão certos: realmente R$ 450 mil não seriam suficientes para sanar todos os problemas. Nem somando a esse valor os R$ 200 mil gastos na festa em homenagem ao Dia das Mães o montante não seria suficiente (valores publicados no Diário Oficial do Estado - links ao final deste artigo). No entanto, ainda que esses R$ 650 mil não bastassem para resolver os problemas, com certeza serviriam para atenuá-los. Com esse valor poderia ser comprado, por exemplo, o material básico para atendimento de emergência nos hospitais, que quase sempre não dispõem sequer de gaze e esparadrapo para um simples curativo. Ou a merenda escolar para as criancinhas que estudam na zona rural. Tanta coisa poderia ser feita em prol da população, mas fazer o quê se nossa ge$tora há muito já demonstrou não se importar com o povo? No meu caso, aproveitei o evento para tirar algumas fotos de nossos conterrâneos, a pedido dos leitores deste blog. E a maioria dos chapadinhenses não teve outra alternativa a não ser comparecer e tentar aproveitar aquilo o que lhes foi imposto!

Um fato interessante ocorreu durante o "pão e circo" deste fim de semana: a cantora Solange Almeida, da banda Aviões do Forró, rebateu nossas críticas e defendeu a realização da festa alegando que, por conta das atribulações sofridas pelo povo, é "maravilhoso" que a prefeitura realize tais eventos para alegrar a população. Mas esperem... Realizar eventos para alegrar o povo e fazer com que ele esqueça de seu sofrimento não é o que caracteriza a política "pão e circo"? Solange afinal defendeu ou sentenciou de vez nossa ges$tora? Clique na barra, ouça e tire suas próprias conclusões:

E que "grana" seria essa que todo mundo ganhou? Eu, por exemplo, não ganhei nenhum tostão com essa "festa linda"! A única coisa que sei é que Dona $olange não conhece nem de perto nossos problemas. E assim como ela, muitos leitores também não tem noção da situação precária em que se encontra nosso município. Por esta razão, utilizarei algumas poucas imagens para fazer uma comparação entre a "Chapadinha do Festival de Férias" e a "Chapadinha Nossa de Cada Dia":

CHAPADINHA NO ÚLTIMO FIM DE SEMANA:

Políticos, Artistas e Empresários felizes!

Imagem: tvmirante.blogspot.com

População "momentaneamente" feliz, ovacionando o mega-star Cajazeira


Veículo capotado em acidente ocorrido na madrugada de sábado (23/07), por
conta das más condições de nossas vias públicas (clique para ampliar)


Crateras que, segundo o relato de testemunhas oculares, teriam feito o
motorista perder o controle do veículo (clique para ampliar)



AGORA, A CHAPADINHA NOSSA DE CADA DIA

Os buracos na ladeira do Angelim (local do acidente acima) continuam lá
(clique para ampliar)


Nossa saúde está na U.T.I., como mostram as fotos a seguir, tiradas semana passada no
Hospital Antonio Pontes de Aguiar (HAPA), o qual está, literalmente, caindo aos pedaços
(clique para ampliar)


Por falar em hospitais, ao procurar atendimento, a população continua tendo que
tirar do próprio bolso para comprar materiais e medicamentos em farmácias particulares,
como ocorreu no caso do menino Mateus (link ao final deste artigo)


Os professores ainda não receberam o abono referente aos 60% da sobra do Fundeb/2010
e ainda foram chamados de palhaços pelo líder do Governo na Câmara, por terem protestado
em razão da recusa do executivo em tratar do assunto (link ao final deste artigo)


E tudo isto é apenas a ponta do iceberg. Infelizmente, muita coisa não foi filmada ou fotografada - ainda! Mas já estou trabalhando nisso...

Dona Solange está perdoada, até porque já foi embora e, certamente, só voltará aqui para outra festa - desde que o valor contratado pelo show esteja devidamente depositado "em conta", lógico. No entanto, é impressionante como algumas pessoas que RESIDEM em nossa cidade - e testemunham esses descasos diariamente - ainda tem a audácia de tentar justificar o gasto de R$ 650 mil em três dias de festa. Impressionante não, é DEPRIMENTE!


Links relacionados:
logoblog
Comentários
1 Comentários