19/07/2011

Festa é para "quem pode", o que não é nosso caso!

Como declarei na página "Quem sou eu" (no menu deste blog), quando criei o Chapadinha Online coloquei-me à disposição para "informar, comentar, divulgar, auxiliar, fiscalizar e denunciar". E em razão do descaso que vem ocorrendo na administração de nosso município, tenho dado certa prioridade a artigos sobre o assunto. No entanto, não sou "inimigo político" (nem pessoal) de Danúbia Carneiro, como seus aliado$ devem pensar.

Assim como a maioria de meus conterrâneos, torci para que nossa ge$tora esquecesse as mágoas do passado e desse a devida atenção às necessidades de nossa população; e mostrasse - aos "seus" e aos "contras" - o quanto um prefeito, quando quer, pode fazer por sua cidade. Não hesitaria em votar em Danúbia, caso fosse candidata ano que vem, se ela tivesse administrado o município com sabedoria e hombridade. Mas, infelizmente, não foi isto o que ocorreu - e está ocorrendo. Como disse em um artigo anterior, Danúbia - como prefeita - é a obra-prima de Magno Bacelar, moldada à sua imagem e semelhança.

O assunto do momento em Chapadinha é o Festival de Férias promovido pela Prefeitura Municipal, o qual será realizado neste final de semana e contará com atrações de peso, como Forró Sacode e Aviões do Forró. Chapadinha inteira comenta que não vai perder, mas continua execrando a ge$tora que promoveu o evento.

Para explicar tal discrepância, vou me utilizar do trecho de uma nota postada pelo único vereador de oposição no município, Marcelo Menezes, na rede social Facebook (editada para publicação):

Vereador Marcelo
"AVIÕES, SACODE, JHONATAN/JARDEU E CHIKAÊ na Chapada. Tudo bem, nem só de pão vive o homem, mas festa é para quem pode e acho que não estamos podendo. Na zona rural não há mais estradas, merenda escolar, a maioria das escolas estão fechadas, pontes estão destruídas, os postos de saúde não tem remédios, o abono dos professores não foi pago, caos nos hospitais, poços artesianos com a luz cortada, chafarizes e praças "acabados", cidade suja, (...)"

E a lista de mazelas enumeradas pelo vereador continua... EU SEI: ele é filho de Isaías Fortes, que quando prefeito passou meses sem pagar o funcionalismo e, mesmo tendo sido eleito pelo povo em 2008, teve sua candidatura cassada. Mas, nesse caso, o vereador não está "fazendo oposição por fazer". O que ele diz acima é verídico e toda a população chapadinhense sabe disso! Eis o motivo de os eventos promovidos pela atual ge$tora não estarem surtindo o efeito desejado. E não adianta o executivo tentar fazer agora o que deveria ter feito desde o dia 1º de janeiro de 2009: o povo também já sabe que, daqui para frente, qualquer realização da prefeitura terá cunho estritamente eleitoral. Não, não estou dizendo que Danúbia será candidata à reeleição, mas apenas que seu grupo deseja continuar no poder (lógico!).

Em outra nota, o vereador Marcelo cita uma publicação do Diário Oficial do Estado, mais precisamente a pg. 19 do D. O. Publicações de Terceiros, do dia 30 de junho de 2011. Pesquisei e lá encontrei:

"PREFEITURA MUNICIPAL DE CHAPADINHA - MA

INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO N° 006/2011. CONTRATADO: Vieira e Bezerra Ltda. OBJETO: Contratação de empresa para executar serviço de contratação de shows musicais com os artistas: Forro Sacode, Chikaê, Aviões do Forró, Jhonatan e Jardel para apresentações em Chapadinha durante a realização do Festival de Férias 2011; VALOR TOTAL: R$ 450.000,00 (quatrocentos e cinqüenta mil reais); PRAZO: 30 (trinta) dias; DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 20 - Secretaria Municipal de Cultura; 2001 - Secretaria Municipal de Cultura; 04.122.0002.2.094 - Manutenção da Secretaria Municipal de Cultura; 3.3.90.39.00 - Outros Serviços de Terceiros Pessoa Jurídica; FUNDAMENTO LEGAL: Art. 25, Inciso III da Lei nº. 8.666/93; pela Prefeita Municipal de Chapadinha - MA, DANUBIA LOYANE DE ALMEIDA CARNEIRO. Publique-se. Dê-se ciência e cumpra-se na forma da Lei. Chapadinha - MA, 28 de junho de 2011." (grifei - clique AQUI para baixar o Diário Oficial)

Imagem ilustrativa
Pergunto: com todas as mazelas citadas pelo vereador, tão conhecidas por nossa população, é sensato - diria mais: é justo o executivo gastar R$ 450.000,00 ("redondos") com um evento que em nada ajudará na resolução dos referidos problemas? Tem como o povo não se revoltar com uma coisa dessas? O pior é que perde a população, por ter que continuar a tirar do próprio bolso para comprar esparadrapo e gaze ao necessitar de um simples curativo nos hospitais da cidade, por exemplo; e perde o grupo que está no poder, por subestimar a inteligência do povo. Quem avisa, amigo é - e há muito eu digo que nosso povo está mais amadurecido politicamente...

Mas, "a César o que é de César": como o referido festival movimentará a economia local no próximo final de semana - único (e ínfimo) benefício que vislumbrei no evento - criei um banner para ajudar em sua divulgação. E autorizo, desde já, a Prefeitura Municipal e os demais leitores a reproduzí-lo. Clique AQUI para acessá-lo e ajude a atrair mais público para "nosso" festival!


Artigos relacionados:
logoblog
Comentários
2 Comentários
2 comentários:
Anônimo disse...

todo o ocorrido e que foi mencionado no presente artigo é veridico, e eu não discordo de forma nenhuma. realmente é uma vergonha e uma tremenda falta de respeito com a população de chapadinha, uma cidade em plena ascenção e que precisa de uma boa administração para aproveitar e estar criando ai novas oportunidades, mas que no entanto, como ja ocorrido em administrações passadas, faz-se pouco caso das reais necessidades de chapadinha e de seu povo, que são contudo os maiores prejudicados.
Uma dica, acho bacana alguem ter uma visão assim da politica, so que utilizar citação de quem quer que seja, seja oposição ou não, torna o seu ponto de vista e suas criticas ambiguas e de certa forma duvidosa, ok.

Jonnay Alves disse...

Caro "Anônimo",

Citei o referido vereador para demonstrar que não é pelo fato de ele ser filho do prefeito que teve a candidatura cassada - o que possibilitou que Danúbia tomasse o poder - que suas denúncias são vazias.

Os políticos, autoridades e boa parte da população local tendem a associar as denúncias do vereador a uma suposta "dor-de-cotovelo" e acabam esquecendo-se de apurá-las.

Mesmo assim obrigado pela dica e continue nos acompanhando.

Postar um comentário

OBS: Comentários com termos chulos ou ofensas à honra alheia serão deletados.