Como declarei na página "Quem sou eu" (no menu deste blog), quando criei o Chapadinha Online coloquei-me à disposição para "informar, comentar, divulgar, auxiliar, fiscalizar e denunciar". E em razão do descaso que vem ocorrendo na administração de nosso município, tenho dado certa prioridade a artigos sobre o assunto. No entanto, não sou "inimigo político" (nem pessoal) de Danúbia Carneiro, como seus aliado$ devem pensar.

Assim como a maioria de meus conterrâneos, torci para que nossa ge$tora esquecesse as mágoas do passado e desse a devida atenção às necessidades de nossa população; e mostrasse - aos "seus" e aos "contras" - o quanto um prefeito, quando quer, pode fazer por sua cidade. Não hesitaria em votar em Danúbia, caso fosse candidata ano que vem, se ela tivesse administrado o município com sabedoria e hombridade. Mas, infelizmente, não foi isto o que ocorreu - e está ocorrendo. Como disse em um artigo anterior, Danúbia - como prefeita - é a obra-prima de Magno Bacelar, moldada à sua imagem e semelhança.

O assunto do momento em Chapadinha é o Festival de Férias promovido pela Prefeitura Municipal, o qual será realizado neste final de semana e contará com atrações de peso, como Forró Sacode e Aviões do Forró. Chapadinha inteira comenta que não vai perder, mas continua execrando a ge$tora que promoveu o evento.

Para explicar tal discrepância, vou me utilizar do trecho de uma nota postada pelo único vereador de oposição no município, Marcelo Menezes, na rede social Facebook (editada para publicação):

Vereador Marcelo
"AVIÕES, SACODE, JHONATAN/JARDEU E CHIKAÊ na Chapada. Tudo bem, nem só de pão vive o homem, mas festa é para quem pode e acho que não estamos podendo. Na zona rural não há mais estradas, merenda escolar, a maioria das escolas estão fechadas, pontes estão destruídas, os postos de saúde não tem remédios, o abono dos professores não foi pago, caos nos hospitais, poços artesianos com a luz cortada, chafarizes e praças "acabados", cidade suja, (...)"

E a lista de mazelas enumeradas pelo vereador continua... EU SEI: ele é filho de Isaías Fortes, que quando prefeito passou meses sem pagar o funcionalismo e, mesmo tendo sido eleito pelo povo em 2008, teve sua candidatura cassada. Mas, nesse caso, o vereador não está "fazendo oposição por fazer". O que ele diz acima é verídico e toda a população chapadinhense sabe disso! Eis o motivo de os eventos promovidos pela atual ge$tora não estarem surtindo o efeito desejado. E não adianta o executivo tentar fazer agora o que deveria ter feito desde o dia 1º de janeiro de 2009: o povo também já sabe que, daqui para frente, qualquer realização da prefeitura terá cunho estritamente eleitoral. Não, não estou dizendo que Danúbia será candidata à reeleição, mas apenas que seu grupo deseja continuar no poder (lógico!).

Em outra nota, o vereador Marcelo cita uma publicação do Diário Oficial do Estado, mais precisamente a pg. 19 do D. O. Publicações de Terceiros, do dia 30 de junho de 2011. Pesquisei e lá encontrei:

"PREFEITURA MUNICIPAL DE CHAPADINHA - MA

INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO N° 006/2011. CONTRATADO: Vieira e Bezerra Ltda. OBJETO: Contratação de empresa para executar serviço de contratação de shows musicais com os artistas: Forro Sacode, Chikaê, Aviões do Forró, Jhonatan e Jardel para apresentações em Chapadinha durante a realização do Festival de Férias 2011; VALOR TOTAL: R$ 450.000,00 (quatrocentos e cinqüenta mil reais); PRAZO: 30 (trinta) dias; DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 20 - Secretaria Municipal de Cultura; 2001 - Secretaria Municipal de Cultura; 04.122.0002.2.094 - Manutenção da Secretaria Municipal de Cultura; 3.3.90.39.00 - Outros Serviços de Terceiros Pessoa Jurídica; FUNDAMENTO LEGAL: Art. 25, Inciso III da Lei nº. 8.666/93; pela Prefeita Municipal de Chapadinha - MA, DANUBIA LOYANE DE ALMEIDA CARNEIRO. Publique-se. Dê-se ciência e cumpra-se na forma da Lei. Chapadinha - MA, 28 de junho de 2011." (grifei - clique AQUI para baixar o Diário Oficial)

Imagem ilustrativa
Pergunto: com todas as mazelas citadas pelo vereador, tão conhecidas por nossa população, é sensato - diria mais: é justo o executivo gastar R$ 450.000,00 ("redondos") com um evento que em nada ajudará na resolução dos referidos problemas? Tem como o povo não se revoltar com uma coisa dessas? O pior é que perde a população, por ter que continuar a tirar do próprio bolso para comprar esparadrapo e gaze ao necessitar de um simples curativo nos hospitais da cidade, por exemplo; e perde o grupo que está no poder, por subestimar a inteligência do povo. Quem avisa, amigo é - e há muito eu digo que nosso povo está mais amadurecido politicamente...

Mas, "a César o que é de César": como o referido festival movimentará a economia local no próximo final de semana - único (e ínfimo) benefício que vislumbrei no evento - criei um banner para ajudar em sua divulgação. E autorizo, desde já, a Prefeitura Municipal e os demais leitores a reproduzí-lo. Clique AQUI para acessá-lo e ajude a atrair mais público para "nosso" festival!


Artigos relacionados:
logoblog
Comentários
2 Comentários