Por email, a professora Janislene Andrade contestou as supostas dificuldades levantadas pela prefeita (não-eleita) e seus aliados para o não pagamento imediato do abono, referente à sobra do Fundeb/2010.

Leiam, abaixo, a explanação da professora:

"A gestora, a secretária de educação, o contador da prefeitura, o líder do governo na câmara e os blogueiros governistas alegam que:

1; "Algumas pessoas" teriam que sentar para fazer o levantamento de quantos professores há na folha.

Chegou às minhas mãos a folha de pagamentos referente ao mês de Setembro/2010 e nela o demonstrativo de funcionários está detalhado, tudo bonitinho. Os profissionais estão divididos por escola, cargos, secretarias e até por quem esta à disposição. Então a menos que a coisa tenha desandado esse ano esse levantamento "é conversa pra boi dormir."

2; Os professores que estão à disposição de outras secretarias, ou da câmara teriam direito ao ABONO.

Segundo o Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações do Município de Chapadinha 2009:

Art. 37, Parágrafo único - Não terá direito ao incentivo financeiro, o professor que estiver exercendo função alheia à educação.

3; Os professores deveriam lutar por melhoria salarial não por abono.

Acontece que o Sindchap, desde a gestão da professora Neldam, vem apresentando uma planilha de melhoria salarial que prova por A + B que um aumento de 16% poderia ser dado sem causar impacto na folha de pagamento. Segundo Neldam, esse valor seria pago integralmente aos professores pela gestora de nossa cidade, mas recebemos apenas 9%. Os professores Armando e Enedilson, representando a atual direção do Sindchap, procuraram a Secretaria de Educação para tratar dos 7% que não foram repassados e do abono, mas, segundo eles, foram mal recebidos pela Secretária de Educação que teria sido extremamente ríspida, chegando a alterar várias vezes o tom de voz.

A regra é clara meus amigos. Ou lutamos pelo abono ou ficaremos a ver navios.

E segundo essa folha de pagamento eram 59 professores a disposição. Será que o número aumentou? Tem inclusive um vereador que já nos disse que os professores de Chapadinha são formadores de marginais, mas não falou nada sobre seu filho que, apesar de concursado, está (ou, pelo menos em Setembro estava) entre os servidores à disposição da Câmara sem nunca ter pisado lá.

E para aqueles que não sabem, além de todos os benefícios citados em um artigo anterior, cada vereador tem 3 pessoas a sua disposição: 30 no total. Sei que a maioria não tem vínculo com a educação. Agora resta saber se essas 30 pessoas estão sendo pagas com os 60% do FUNDEB destinados ao pagamento dos profissionais da educação, mas isso é o Ministério Público quem vai investigar."
Prof. Jane Andrade, por email enviado a este blog em 05/07/11

Nota do Autor: Esclarecemos que este espaço não está aberto apenas aos professores, mas também aos membros do atual governo de Chapadinha e demais leitores (chapadinhenses ou não) que queiram divulgar informações relevantes para a população de nossa região.

Você, que já acessou a página "Quem sou eu" (no menu deste blog) já sabe que o Chapadinha Online não é meu, mas NOSSO!


Artigos relacionados:
logoblog
Comentários
2 Comentários