O ex-jogador e comentarista esportivo Edmundo Alves de Souza Neto, de 40 anos, foi preso no início desta madrugada (16) em um flat na cidade de São Paulo. A operação para prendê-lo contou com a participação de 12 policiais, divididos em seis equipes.

Edmundo foi condenado em 1999 a 4 anos e 6 meses de prisão, em regime semiaberto, pelos homicídios culposos (quando não há intenção de matar) de três pessoas e lesões corporais de outras três, em um acidente de carro ocorrido em 02 de dezembro de 1995, após ele ter saído de uma boate na Lagoa, na zona sul carioca.

Se tivesse sido julgado com base na lei atual, Edmundo talvez fosse submetido a júri popular por homicídio doloso (quando há intenção de matar), uma vez que algumas testemunhas afirmaram que ele se encontrava embriagado no momento do acidente, o que, segundo a lei vigente, caracteriza desapreço consciente pela vida alheia e, portanto, dolo eventual.

Como não tinha endereço certo e a polícia estava tendo dificuldade em encontrá-lo, o ex-jogador já estava sendo considerado foragido.
(Fonte: Estadão)

Leia também:
logoblog
Comentários
0 Comentários