Por meio de uma mensagem na rede social Facebook, Magno Bacelar (ex-prefeito de Chapadinha e atual Deputado Estadual) confirmou à professora Janislene de Andrade Nascimento (ou "Jane", como é conhecida pelos amigos) que conversou com Danúbia Carneiro a respeito do pagamento do abono referente à sobra do Fundeb do ano anterior, e esta lhe garantiu que iria "acertar tudo" com os professores. Veja, abaixo, a mensagem enviada por Magno à professora Jane:

"Magno enviou uma mensagem para você:

Jane, bom dia!!! Eu já conversei com a prefeita e ela me garantiu que irá deixar tudo acertado com os professores."

Pelo visto, tudo indica que apenas ELA, a atual prefeita (não-eleita) de Chapadinha, ainda é contra o imediato pagamento do referido abono (sem falar de alguns vereadores que rezam segundo sua cartilha e alguns puxa-sacos, coitados, que comem nas panelas da prefeitura).

O Chapadinha Online adverte que não é apenas o futuro político de Danúbia Carneiro que está em jogo em razão da forma como ela vem administrando nossa cidade: o próprio Dep. Magno Bacelar sentiu na pele a rejeição dos chapadinhenses à sua afilhada política, vez que sequer foi eleito para o cargo que ocupa. Talvez por isso, tenha percebido que "brigar" com toda uma categoria de profissionais não é uma atitude muito racional para um político.

Resposta da Prof. Jane à prefeita e seus jornali$tas

A professora Jane Andrade, a mesma que recebeu a confirmação de Magno Bacelar sobre o pagamento do abono, comentou o último artigo deste blog, intitulado "Danúbia manda seus jornali$tas divulgarem que não é obrigada a pagar o abono" (vide artigos relacionados, ao final deste post). Em razão de sua relevância, publico a seguir, na íntegra, o referido comentário:

Prof. Jane
"Os professores também não são obrigados por lei a tirarem dinheiro do próprio bolso para que datas comemorativas, como o Dia das Mães, por exemplo, passem em branco. Se o fazemos é por termos compromisso com nossos alunos e com nossa profissão.

Pais, sociedade e blogueiros em geral, visitem as escolas públicas de Chapadinha e perguntem aos educadores o quanto já gastaram para melhorar o ambiente escolar. Nós contribuimos várias vezes porque aqueles que o deveriam fazer, não o fazem. Para fazermos o que é certo, não precisamos de leis para nos obrigar: basta caráter e responsabilidade. Pagar o abono deveria ser para a gestora uma questão moral, de responsabilidade e compromisso, não só com os professores, mas com seus eleitores (se é que, depois deste ato insano, sobrou algum). Somos professores, mas quantas e quantas vezes pagamos para trabalhar...

Há um vereador que, atualmente, nos chama de incompetentes e miseráveis, no entanto, não faz muito tempo, ele subia nos palanques e chamava a atual gestora dos mais pejorativos nomes. Hoje ele a defende com unhas e dentes. O que será que o fez mudar de ideia?"

(Prof. Jane Andrade, em comentário postado neste blog em 24/06/11)


Artigos relacionados:
logoblog
Comentários
0 Comentários