Há cerca de um mês, o Ministério Público Federal concluiu que a concessão de passaportes diplomáticos a 4 filhos e 3 netos de Lula, nos últimos dias de seu governo, foi irregular. O MPF concedeu, então, um prazo até 03/04 (ontem) para que os documentos fossem devolvidos. No entanto, eles continuam na posse dos "lulinhas".

O passaporte diplomático garante vários benefícios, como tratamento menos rígido na imigração e dispensa de visto em alguns países.

O Itamaraty, ao ser questionado sobre a concessão, disse que a emissão dos documentos atendia a "interesses nacionais" (e bota "interesse" nisso!). Após analisar a concessão de 328 passaportes emitidos entre 2006 e 2010, o MPF concluiu que somente os sete passaportes dos familiares de Lula foram concedidos de maneira irregular, vez que não foram apresentadas justificativas relevantes para o benefício.

Dois filhos do ex-presidente, Luís "Lulinha" e Marcos "Lulinha", chegaram a prometer que devolveriam os passaportes, mas, findo o prazo, não o fizeram. Para o governo, é melhor que o MPF entre com uma ação na Justiça pedindo o recolhimento do que designar um funcionário do Itamaraty para fazê-lo, pois "o constrangimento seria maior". (!?!) Agora, o Chapadinha Online pergunta: constrangimento para quem??? Para os "lulinhas"??? E o povo brasileiro, como fica nisso tudo???

Se bem que a "família molusco" pode estar "apenas" seguindo o exemplo de seu patrirca, conforme imagem abaixo, veiculada na net:


Artigos relacionados:
logoblog
Comentários
0 Comentários