Não, na verdade são duas tartaruguinhas siamesas (que nasceram ligadas por partes homólogas de seus corpos).

No mundo animal, mutações desse tipo costumam causar a morte dos gêmeos, mas as tartaruguinhas Magda (cabeça esquerda) e Lenka conseguiram sobreviver - na imagem elas já tem sete semanas de vida. Note que o apêndice entre as cabeças é uma 5ª perninha!

As irmãs nasceram na Eslováquia e são da espécie Geochelone Sulcata, a segunda maior do mundo, só perdendo para a tartaruga de Galápagos. Elas Foram apresentadas ao mundo em 07 de março, o que torna este artigo um pouco desatua-lizado, mas não menos interessante!
logoblog
Comentários
0 Comentários