O Ministério Público Eleitoral pediu a cassação dos mandatos de Roseana Sarney e de seu vice, Washington Oliveira, devido ao uso de convênios assistencialistas  no período eleitoral.

Através de do programa Viva Casa, em 2010, Roseana assinou mais de 60 milhões de reais, somente em créditos suplementares, em convênios, o que no entender do MP caracteriza-se em conduta vedada por lei.

Leia mais no Blog do Garrone.


Veja também:
logoblog
Comentários
0 Comentários